Na próxima semana, as Publicações Dom Quixote vão lançar a quarta edição do livro Snu e a Vida Privada com Sá Carneiro, assinado pela jornalista Cândida Pinto, que revive a história de amor entre Snu Abecassis, editora dinamarquesa, e Francisco Sá Carneiro, o então primeiro-ministro português.

Publicado pela primeira vez em 2011, o livro remonta à época do Estado Novo e recorda a personalidade revolucionária de Ebba Merete Seidenfaden, mais conhecida como Snu Abecassis, e a história de amor que desafiou todas as leis do regime que se vivia em Portugal.

“Por ele, Snu pediu o divórcio, o que era um escândalo na época. Por Snu, Sá Carneiro abandonou um casamento ultra conservador (não conseguindo nunca o divórcio). Contra tudo e contra todos, assumiram uma união de facto, muito mal vista na época, e comportavam-se como marido e mulher”, lê-se na sinopse do livro.

Consciente de que o romance ‘clandestino’ poderia colocar em risco a sua carreira política, Francisco Sá Carneiro tornou claro que nunca desistiria da relação. “Se a situação for considerada incompatível com as minhas funções, escolherei a mulher que amo”, afirmou em 1977 e dois anos depois, o fundador do Partido Social Democrata foi eleito primeiro-ministro.

Entre 1976 e 1980, o casal, alheio às críticas, viveu intensamente o romance que viria a terminar com o trágico acidente/atentado de Camarate, onde ambos perderam a vida.

Snu Abecassis

Foto: divulgação

Sustentado por testemunhos de amigos e familiares, Snu e a Vida Privada com Sá Carneiro sucedeu-se ao documentário produzido por Cândida Pinto em 2005, centrado no lado pessoal da editora dinamarquesa que fundou as Publicações Dom Quixote e se notabilizou por publicar obras de ideias contrárias às do regime ditatorial.

A nova edição do livro acompanha a estreia da longa-metragem sobre a vida de Snu Abecassis. Intitulado Snu, o filme chega ao grande ecrã no dia 7 de março e conta com Inês Castel-Branco (Snu Abecassis) e Pedro Almendra (Francisco Sá Carneiro) nos papéis principais.

Lê também: Fernando Daniel lança Enredo, livro pedagógico sobre redes sociais