A cerimónia de 2019 dos Oscars arrancou a todo o vapor com um ovacionado medley pelos Queen. De fato cintilante, o cantor Adam Lambert uniu-se a Brian May e Roger Taylor, membros fundadores do grupo, para interpretar We Will Rock You e We Are the Champions.

A atuação concluiu com fogo-de-artifício e a imagem de Mercury no pano de fundo.

A famosa história do grupo é o móbil de Bohemian Rhapsody, nomeado para cinco categorias, tendo já vencido duas: Melhor Edição e Mistura de Som. Encontra-se ainda na corrida para Melhor Filme Melhor Edição; a prestação de Rami Malek como Freddie Mercury mereceu-lhe uma nomeação para Melhor Ator.