A Samsung apresentou recentemente não um, não dois, mas sim quatro modelos do antecipado Galaxy S10. Todos trazem novos ecrãs Infinity-O e todo o tipo de novas tecnologias de processamento e conectividade, incluindo 5G. Os novos smartphones têm lançamento marcado já para 8 de março, e começam nos 780 euros, indo até aos 1640 euros.

Os quatro modelos (S10e, S10, S10+ e S10 5G) trazem todos um novo processador, melhor carregamento sem fios (incluindo a possibilidade de carregar outros dispositivos a partir da bateria interna) e usam as mesmas câmaras principais. Em termos de software, são os primeiros smartphones com a nova Samsung One UI, por cima de Android 9.0 Pie.

As diferenças dizem respeito ao tamanho físico, ecrã, capacidade da bateria e o número de câmaras sensores adicionais.

Galaxy S10e

Galaxy S10e em Azul Prisma

Imagem: Samsung

O Galaxy S10e é o modelo mais compacto e acessível. Tem um ecrã Infinity-O plano de 5,8 polegadas. O leitor de impressão digital foi incorporado no botão lateral.

Este modelo conta com duas câmaras traseiras: a principal de 16MP com abertura variável (introduzida com o Galaxy S9), e uma grande angular de 12MP que consegue enquadrar mais na fotografia. Conta ainda com 6GB de RAM e 128GB de armazenamento (e aceita MicroSD para adicionar mais espaço).

Galaxy S10/S10+

Galaxy S10 e S10+

Imagem: Samsung

O modelo intermédio tem um ecrã Infinity-O de 6,1  polegadas com lados curvos. Devido às arestas reduzidas, o sensor de impressão digital está debaixo do ecrã. Este recorre a tecnologia ultra-sónica para ler para além do ecrã, diferente da tradicional tecnologia ótica. Acrescenta também uma câmara com teleobjetiva à parte de trás, para um total de três câmaras traseiras.

Se quiserem um ecrã maior e mais autonomia, o S10+ aumenta o ecrã para 6,4 polegadas e acrescenta um sensor de profundidade à câmara frontal, usado para efeitos de realidade aumentada, de forma semelhante ao iPhone X. Tem também a opção de acabamento em cerâmica.

Estes modelos têm 8 ou 12GB de RAM, consoante a capacidade de armazenamento escolhida, que pela primeira vez vai até 1TB. Esta opção foi tornada possível pela nova tecnologia eUFS da Samsung, apresentada em janeiro.

Galaxy S10 5G

Galaxy S10 5G

Imagem: Samsung

É o primeiro smartphone anunciado com suporte para velocidades 5G, mesmo antes de qualquer operadora a nível global ter suporte para o novo standard.

Para além disso, este modelo tem um ecrã ainda maior de 6,7 polegadas e um sensor de profundidade na câmara traseira, em adição às três câmaras do S10 e S10+. É possível que este aumento de tamanho (e a bateria maior que o acompanha) se deva ao modem 5G. Tal como aconteceu com os primeiros smartphones com conectividade 4G, a autonomia sofre devido à baixa eficiência da nova tecnologia.

Curiosamente, este modelo vem em apenas uma configuração de 256GB com 8GB de RAM. Para além disso, não dispõe de versão dual-sim nem suporte para cartões MicroSD. Este é o único modelo que ainda não está disponível para pré-venda em Portugal.

s10 em vários sabores

Vários modelos Galaxy S10

Imagem: Samsung

Esta abordagem é semelhante à gama de produtos apresentada pela Apple no final de 2018. Tal como os iPhone XR e XS, a Samsung dividiu a sua gama de topo entre uma opção mais acessível (mas que mantém o preço inicial da gama do ano anterior) e tornando o dispositivo intermédio numa oferta mais premium, incluíndo no preço.

O objetivo é aumentar o preço de venda médio (Average Selling Price ou ASP), uma métrica que relaciona o número de vendas e o modelo escolhido.