Se pensava que o Divertidamente 2 ou o Wall-e 2 estavam para breve, não se engane. A Pixar pode estar satisfeita com os resultados das bilheteiras das sequelas até então realizadas, mas o presidente do estúdio, Jim Morris, revelou que após o lançamento da sequela já anunciada, Toy Story 4, o estúdio irá focar-se apenas em obras originais.

Em 1995, o estúdio revolucionou a animação, em Hollywood, com o lançamento de Toy Story, o primeiro filme de animação do estúdio, que atingiu o maior valor de bilheteira desse mesmo ano e recebeu uma indicação ao Óscar de Melhor Argumento Original. O público e os críticos ficaram impressionados com a narrativa e as personagens bem sucedidas de Toy Story, o qual estabeleceu o próprio estúdio como um dos principais atores do negócio.

Desde a estreia de Toy Story, a Pixar tornou-se uma das empresas mais produtivas no cinema de animação.  Em 20 filmes, a pixar arrecadou mais de 13 mil milhões de dólares nas bilheteiras mundiais e levou para casa 9 Óscares de Melhor Filme de Animação.

Não sendo necessário referir que são parte integrante do crescente império da Disney e que, sob a liderança do novo CCO Pete Docter, avistam-se muitos projetos futuros que, sem dúvida, irão agradar os fãs.

Contudo, após o recente fluxo de sequelas que irão surgir, a Pixar vai, ainda, desenvolver uma programação original no futuro.

Aqui pode conferir todos os filmes da Pixar que veem aí.

Toy Story 4 – 21 de junho de 2019

Após a emocionante despedida de Andy do seu fiel gang de brinquedos que o acompanhou durante toda a infância, Woody e os seus amigos foram passados a Bonnie para começar uma nova vida. A principal aposta da Pixar parecia ter chagado a uma conclusão natural, em 2010. No entanto, em 2014, o próprio estúdio anunciou oficialmente o desenvolvimento de Toy Story 4. Desde então, o caminho não tem sido fácil após a saída dos argumentistas originais Rashida Jones e Will McCormack, o que levou à perda de grande parte do texto original. É indiscutivelmente o filme da Pixar que sofreu o maior impacto com saída de John Lasseter, ex-diretor de criação da Pixar. Apesar de tudo isso, Josh Cooley, o realizador do filme, segue caminho para a estreia ainda este verão.

Agora que a Pixar começou a campanha de marketing, já vários detalhes do filme foram revelados. Woody sempre se mostrou confiante acerca do seu lugar no mundo e a sua prioridade sempre foi tomar conta da sua criança, seja Andy ou Bonnie. Mas quando Bonnie acrescenta um brinquedo rebelde chamado Forky, criado por ela própria, que passa pela junção de um garfo de plástico e um limpador de cachimbo, uma aventura pela estrada ao lado de velhos e novos amigos irá mostrar a Woody o quão grande o mundo pode ser para um brinquedo.

Na sua última desgraça, os brinquedos encontram-se no Carnaval onde Woody se reencontra com a sua amiga e interesse amoroso, Bo Peep. Com um novo design e atitude, Bo mudou desde que o público a viu pela ultima vez em Toy Story 2, que, agora, irá desafiar a perceção de Woody sobre o próprio mundo.

Tom Hanks e Tim Allen, produtores do filme, avisaram que Toy Story 4 é tão emocionante e comovente como os que o precederam.

https://youtu.be/t_9ieeV2EaA

Onward – 6 de março de 2020

Por mais que ver caras familiares como Dory, Sullivan ou o Faísca Mcqueen, a verdade é que muitos espectadores iram concordar que a Pixar é mais forte na criação de filmes originais que ultrapassam os limites do que o o meio de animação. O que relembra aquele toque de magia nos últimos anos com os esforços vencedores dos Óscares, como Divertidamente e Coco. No entanto, os espectadores não terão de esperar muito mais para ver o próximo filme original da Pixar. Em dezembro de 2018, o estúdio anunciou oficialmente o lançamento do filme Onward, que conta com um elenco composto por Chris Pratt, Tom Holland, Julia Louis-Dreyfus e Octavia Spence.

Situado num mundo de fantasia suburbano habitado por criatura mágicas, este filme irá seguir dois irmãos adolescentes, protagonizados por Pratt e Holland, que irão embarcar numa viagem para ver se ainda existe magia no mundo, para que possam passar um dia com o seu pai que faleceu quando ainda eram pequenos.

Dan Scanlon, o responsável pela realização de Monstros e Companhia, em 2001, estará também na linha da frente de Onward, bem como na participação na escrita do próprio guião do filme juntamente com C.S. Anderson. Com a data de lançamento a mais de um ano de distância não há muita mais informação divulgada atualmente.

Os filmes que vêm aí

A 19 de junho de 2020, Brian Fee, que já teve a oportunidade de integrar as equipas criativas de algumas produções da Pixar, como Ratatouille e Wall-e, antes de estrear o seu primeiro filme, Carros 3, lançado em 2017. Fee vai seguir um projeto original no qual ainda não divulgou qualquer detalhe.

A 18 de junho de 2021, Pete Docter é, atualmente, um do nomes mais ilustres da Pixar, tendo sido nomeado para substituir John Lasseter como chefe de animação da empresa, caso o seu afastamento por denúncias do assédio sexual se torne permanente. Ao longo do seu percurso conta com dois óscares, por Divertidamente e UP-Altamente, tendo ainda tido a oportunidade de realizar Monstros e Companhia. Tem em mãos um novo projeto original, mas que ainda não revelou detalhes.

A pixar já revelou ainda outras datas de estreias, 18 de março e 17 de junho de 20122, mas sem quaisquer detalhes dos filmes.