A primeira semifinal do Festival da Canção realiza-se já este sábado (16), nos estúdios da RTP, em Lisboa. Desta vez, conta com menos participantes e atuações que nos anos anteriores. São oito os intérpretes que vão concorrer para chegar à final que terá lugar em Portimão.

Quem são estes oito artistas que podem vir a representar Portugal no Festival Eurovisão da Canção? Alguns já são conhecidos do grande público, enquanto outros nem tanto. O Espalha-Factos dá a conhecer os seus perfis, para que conheças as vozes por detrás das canções.

1. Inércia– Ana Cláudia

Ana Cláudia, concorrente do Festival da Canção 2019

Fotografia: Divulgação

Ana Cláudia é de Lisboa, tem formação em estudos artísticos e musicais e já lançou música em nome próprio. É licenciada em Jazz pela Escola Superior de Música de Lisboa e tem o Curso Profissional de Artes e Animação Circense do Chapitô.

Estreou-se no mundo da música profissional em 2005 no grupo Tucanas. Com este grupo de percussão no feminino editou Maria Café, em 2008. O primeiro EP em nome próprio, De Outono, foi editado em 2014. Com ele passou por palcos como o do Vodafone Mexefest, Musicbox e Casa Independente.

2. É o que é – João Campos

João Campos, concorrente do Festival da canção 2019

Fotografia: Divulgação

João Campos é o intérprete convidado por D.A.M.A. e esta é a sua estreia no Festival da Canção. Nasceu em 1973 e já fez de tudo um pouco na música, desde jingles, a locuções, a concertos. Gravou um disco com João Gil ao lado de vozes como Rui Veloso, António Zambujo e Carminho.

3. O Meu Sonho – Soraia Tavares

Soraia Tavares, intérprete do Festival da Canção 2019

Fotografia: Divulgação

A atriz e cantora  nasceu em 1994, em Lisboa. Soraia Tavares estudou na Escola Profissional de Teatro de Cascais. No final do curso mereceu prémio de mérito e excelência dessa escola, tal como o prémio Zita Duarte. Estudou ainda na Escola Superior de Teatro e Cinema.

Participou no The Voice Portugal, em 2015, e em vários espetáculos como Disney in Concert, Godspell e Eusébio. Na televisão, faz parte do elenco de Valor da Vida, da TVI.

4. A Dois – Calema

Calema, concorrentes do Festival da Canção 2019

Fotografia: Facebook Calema

António e Fradique Ferreira são irmãos e formam os Calema. Originários de São Tomé e Príncipe, lançaram o seu primeiro álbum de originais, Bomu Kêlê, em 2015. O segundo álbum, A Nossa Vez, surge em 2017 e segue-se uma digressão nacional e internacional, passando por Cabo Verde, Luxemburgo e Reino Unido. Estreiam-se no Festival da Canção enquanto compositores e intérpretes da sua canção.

5. Telemóveis – Conan Osíris

Conan Osíris, intérprete e compositor do Festival da Canção 2019 com a canção Telemóveis

Fotografia: Divulgação

Conan Osíris, nome artístico de Tiago Miranda, estreou-se na música em 2016 com o álbum Música Normal. No final do ano seguinte, lançou Adoro Bolos, considerado o segundo melhor álbum de 2018 pela BLITZ e o melhor álbum nacional do ano pelo Espalha-Factos. O artista é quem compõe e produz as suas canções e estreia-se no Festival da Canção simultaneamente como compositor e intérprete.

6. Mais Brilhante Que Mil Sóis– Ela Limão

Ela Limão, pseudónimo de Rita Laranjeira, cantora no Festival da Canção 2019

Fotografia: Divulgação

Ela Limão é o pseudónimo de Rita Laranjeira e a intérprete escolhida por Flak. Faz parte dos Mirror People e já pisou palcos como o do Super Bock Super Rock e do Bons Sons. Rita é fotógrafa de viagens, diretora de fotografia e cantora. Inicia agora a sua carreira a solo e estreia-se no Festival da Canção.

7. Hoje– Filipe Keil

Filipa Keil, compositor e intérprete do Festival da Canção 2019

Fotografia: Divulgação

Nascido em 1991 como Tiago Filipe Pinheiro Batista, Filipe Keil é cantor, compositor, letrista e produtor musical. Foi o vencedor do concurso livre de submissão pública e é a sua primeira vez no Festival da Canção. Também já concorreu ao Festival da Canção Júnior, em 2006,  ao Factor X, em 2013 e participou na Masterclass da Antena 1, em 2017. Filipe Keil é intérprete e compositor da sua canção.

8. Perfeito– Matay

Matay, intérprete do Festival da Canção 2019

Fotografia: Divulgação

Ruben Matay é cantor, integra a banda de Dengaz e o Soul Gospel Project. A escolha de Tiago Machado tem também uma forte carreira a solo com raízes na música gospel soul. O seu single de estreia, O Que Tu Dás, tem já mais de 11 milhões de visualizações no YouTube. Recentemente, colaborou com Boss AC, que assina também a sua canção no Festival, em Por Favor (Diz-me).