Lisboa não vive só do verão e dos turistas. No inverno, a cidade tem as oportunidades certas para os que teimam em se divertir e o Festival Emergente é a perfeita. Nos dias 15 e 16 de fevereiro, o Lisboa ao Vivo, em Marvila, será o epicentro cultural da cidade.

13 bandas, 2 DJ Sets, 18 horas de música ao longo de dois dias. É este o mote da Transiberia Productions, a responsável pela produção do festival. O cartaz está recheado de nomes conhecidos do panorama alternativo português, como Filipe Sambado, Pedro Mafama ou Cave Story. Há Sunflowers ou Sun Blossoms, à escolha do freguês.

Stone Dead e Ossos D’Ouvido têm o seu espaço dentro do cartaz tal como um DJ set dos brasileiros Venga Venga. Os espanhóis do rock psicadélico Tourjets também vão aterrar em Lisboa para se darem a conhecer aos portugueses. Marvila está pronta para emergir com o novo sangue musical que Portugal oferece.

Os bilhetes estão à venda nos locais habituais, sendo que a entrada diária é 15€ e o passe geral custa 20€.

O alinhamento dos dois dias de festa segue-se abaixo:

Dia 15 de fevereiro

21h00 – Cosmic Mass
21h45 – Sun Blossoms
22h30 – Time For T
23h45 – Tourjets
1h15 – Filipe Sambado e Os Acompanhantes de Luxo
2h45 – Pedro Mafama
4h – DJ set Venga Venga

Dia 16 de fevereiro

21h00 – Môrus
21h45 – Elephant Maze
22h45 – Palmers
23h30 – Ossos D’Ouvido
00h30 – Cave Story
1h45 – Sunflowers
3h00 – Stone Dead
4h15 – DJ set Dji Jays