O Dia dos Namorados está a chegar e o Espalha-Factos sugere-te oito livros românticos, com os quais poderás celebrar este dia.

Precisas de um livro para oferecer à tua cara metade? Ou procuras encontrar, nas páginas de um bom romance, frases que expliquem o que sentes? Atenta nas nossas propostas e deixa-te seduzir, ou seduz, com intensas histórias de amor, daquelas que nos marcam e se eternizam no nosso pensamento.

Cartas de amor

Vivemos hoje num mundo extremamente tecnológico. Somos dependentes dos telemóveis, dos computadores, da internet e das redes sociais. Já não vivemos o amor da mesma forma que outrora, atualmente já não escrevemos cartas de amor e, tal como Álvaro de Campos, achamos “ridículas” estas demonstrações de afeto, que dão vida aos sentimentos. Mas não serão mais “ridículos” os que nunca escreveram cartas de amor?

Já não se escrevem cartas de amor

Da autoria do jornalista e escritor Mário Zambujal, o livro Já não se escrevem cartas de amor transporta-nos para uma época de apetites e excessos, aventuras e desventuras. Com uma escrita simples e cheia de humor, o autor descreve-nos paixões turbulentas vividas em Lisboa, nos anos 50.

Duarte, o protagonista de 70 anos, é quem conta a história. Enquanto o personagem principal aguarda o regresso da mulher, recorda a sua juventude de bon vivant, as noites glamorosas e as tardes de café.

Nas 196 páginas deste livro, passível de ler “numa assentada”, encontram-se figuras caricatas e situações que culminam em desvios mais ou menos imprevisíveis.

Mário Zambujal

Fonte: Wook

Podes encontrar este romance no site da Wook.

Cartas de Amor de Fernando Pessoa e Ofélia Queiroz

Publicado em 2015, este livro reúne as cartas trocadas por Ofélia Queiroz e Fernando Pessoa, entre 1919 e 1935. Apresentadas, pela primeira vez, numa edição conjunta, estas cartas confirmam a existência concreta de dois interlocutores.

Esta obra apresenta-nos um outro Fernando Pessoa e leva-nos numa viagem até ao seu “eu” mais íntimo.

Nesta compilação de cartas de amor, são revelados detalhes da vida de Fernando Pessoa e salientada a dedicação da sua amada Ofélia, Ofelinha, bebé, ou bonequinha, como carinhosamente o poeta a tratava.

Fernando Pessoa

Fonte: Wook

As cartas de amor de Fernando Pessoa e Ofélia encontram-se a uns cliques de distância, na Wook.

Romances adaptados ao cinema

Se, para além de gostares de literatura, és fã de televisão e cinema, presenteamos-te com uma mistura dos dois mundos. São inúmeras as obras literárias que dão vida a séries e filmes e enriquecem o mundo cinematográfico. Ninguém esquece o Harry Potter,A Guerra dos Tronos, ou até a mais recente série The Handmaid´s Tale. E Outlander? E Knickerbocker Club?

Outlander – Nas Asas do Tempo

Nas Asas do Tempo é o primeiro de sete livros, da saga Outlander.

Da autora Diana Gabaldon, Outlander conta-nos a história de Claire, uma enfermeira da Segunda Guerra Mundial, que viaja no tempo para o ano de 1743, onde vive grandes aventuras.

A personagem, casada no século XX, apaixona-se, na sua viagem ao passado, por Jamie, um jovem e romântico guerreiro escocês. Claire vive uma vida dupla, dividida entre dois mundos e dois homens, completamente distintos.

Outlander

Fonte: Bertrand

O livro está disponível na Bertrand.

Magnata

Magnata é o primeiro livro da trilogia Knickerbocker Club. A obra de Joanna Shupe descreve a vida de Emmett Cavanaugh e Elizabeth Sloane, na opulenta Era Dourada de Nova Iorque. Os dois personagens, de diferentes origens, vivem diversas aventuras entre negócios, mistérios, amor e ambições.

Prepare-se para mergulhar numa história muito intensa, descrita ao pormenor. Joanna Shupe apresenta ao leitor cada detalhe das histórias dos seus personagens. Deixa quem lê de boca aberta.

Barão é o nome do segundo volume desta coleção e Um Homem Poderoso, o nome do terceiro.

Magnata

Fonte: Wook

Adquire esta obra literária no site da Wook.

Romances imprevisíveis

Quem não gosta de uma história imprevisível? De um conto que foge ao comum e nos troca as voltas?

Os dois livros que se seguem não te deixarão prever o futuro, a cada página viverás com Sira e Sara novas e grandes aventuras.

O Tempo Entre Costuras

Contada pelas palavras de María Duenas, a história da modista Sira Quiroga revela-se imprevisível. Empurrada pelo destino, Sira vive, entre pespontos e alinhavos, grandes aventuras, que a enleiam num mundo de riqueza e pobreza, triunfos e azares, glamour e paixões.

De leitura fácil e cativante, esta obra de María Duenas leva o leitor numa viagem até à cidade de Madrid, até aos enclaves de Tânger e Tetuán e até a uma Lisboa cosmopolita, repleta de oportunistas e refugiados sem rumo.

Em tempo de guerra, todos os pormenores fazem a diferença e autora não o deixa perder nenhum. A história de María retrata não uma, mas várias relações amorosas incomuns.

O tempo entre Costuras

Fonte: Wook

Podes encontrar Tempo entre Costuras na Wook.

A Livraria dos Finais Felizes

A personagem principal da história de Katarina Bivald, viveu 28 anos na Suécia, sem nenhuma aventura. Tímida e insegura, Sara só se sentia feliz e completa na companhia de um bom livro e dos seus melhores amigos, os personagens dos contos que lia, com os quais vivia sonhos e paixões.

Mas um dia, tudo muda. Sara recebe uma carta uma pequena cidade, Broken Wheel. A remetente de nome Amy, uma americana de 65 anos envia-lhe um livro. E assim começa entre as duas uma correspondência afetuosa e sincera.

Depois de inúmeras cartas, Sara consegue juntar dinheiro, para viajar até à cidade da sua amiga. Todavia, já não chega a tempo. Amy não está à sua espera, o seu final veio mais cedo do que esperava.

Sara, a primeira turista na história Broken Wheel, decide retribuir a bondade dos excêntricos habitantes, iniciando-os no prazer da leitura.

Na cidade de Amy, Sara encontra amizade, amor e emoções para viver.

“A Livraria dos Finais Felizes”

Fonte: Bertrand

A livraria Bertrand tem disponível A Livraria dos Finais Felizes.

Os romances de 2018

Vivemos mais intensamente as nossas vidas amorosas, depois de lermos grandes histórias de amor, que nos ensinam a amar de forma poética, sem vírgulas mal colocadas e com as palavras certas. O ano de 2018 presenteou-nos com dois romances de tirar o fôlego.

 Cada Suspiro Teu

Do famoso romancista Nicholas Sparks, Cada Suspiro Teu conta-nos a história de Hope Anderson e Tru Walls, que se juntaram por acaso numa praia.

Hope vive um momento difícil. A sua relação amorosa já não a faz feliz e o seu pai acaba de receber um diagnóstico terrível. A personagem refugia-se em Sunset Beach numa tentativa de encontrar paz e refletir sobre a sua vida.

Tru, por outro lado, vive um momento revelador. Cresceu em África e nunca conheceu o pai. Em Sunset Beach, prepara-se para o encontrar pela primeira vez.

Inspirado numa história real, o mais recente livro de Nicholas Sparks fala-nos de duas pessoas de mundos opostos, que se cruzam, se marcam e não se esquecem. Mas terá o destino facilitado este amor?

Cada Suspiro Teu

Fonte: Wook

O mais recente romance de Nicholas Sparks está à venda na Wook.

Foi sem querer que te quis

Foi sem querer que te quis é o primeiro romance de Raul Minh’alma, autor do bestseller Larga quem não te agarra e de Todos os dias são para sempre.

O seu romance de estreia conta-nos a história de Beatriz, que sem querer se apaixona por Leonardo, que à primeira vista lhe tinha parecido um jovem rico, mal-educado e mimado, tudo o que não queria para si.

Mas a vida dá muitas voltas e o avô de Leonardo, um sábio e profundo conhecedor da vida, faz com que os dois personagens se aproximem.

Este avô, ao perceber a necessidade de Beatriz em reencontrar, depois de várias desilusões amorosas, o caminho para a felicidade, promete dar-lhe a receita para ser feliz no amor. Mas a fórmula, escrita num envelope, só lhe é revelada se, em troca, a rapariga ajudar Leonardo a fazer as pazes com o seu passado e tornar-se uma pessoa melhor.

Foi sem Querer Que te Quis

Fonte: Wook

E, mesmo sem quereres, podes querer este livro. O romance de Raul Minh’alma está disponível na Wook.

Podemos e devemos

Podemos encontrar dentro de um livro a mais bonita e surpreendente história de amor. E podemos e devemos vibrar com as descrições de um caloroso beijo. Derreter com a leitura de pequenos recados ou intensas cartas de amor. Torcer por finais felizes e grandes reencontros. Suspirar quando se desencontram os apaixonados, ou quando partem os protagonistas. Torcer o nariz a frases clichés, mas derreter com elas. Apreciar os jogos de palavras e as descrições pormenorizadas. Admirar os verbos bem escolhidos e invejar as juras de amor eterno.

Este ano, lê o amor, ou oferece-o, num formato de um livro.

LÊ TAMBÉM: O AMOR, O EROTISMO E O ROMANCE: 6 CLÁSSICOS DA POESIA ROMÂNTICA