A editora do próximo filme de Martin ScorseseThelma Schoonmaker, alertou para a autenticidade de The Irishman (2019). A produção da plataforma de streaming Netflixnão é o Tudo Bons Rapazes“, alertou a mesma ao Yahoo! Movies.

A razão do esclarecimento surge porque a editora está ciente de que “(…) isso [Tudo Bons Rapazes (1990)] é o que eles pensam que vai ser“.

Porém, Schoonmaker, responsável pela edição audiovisual de filmes como The Departed – Entre Inimigos (2006), A Invenção de Hugo (2011) ou O Touro Enraivecido (1980), e por último de O Boneco de Neve (2017), sublinha:

Não é. Não é o Tudo Bons Rapazes. É completamente diferente. É maravilhoso. Eles vão amá-lo. Mas por favor não pensem que vai ser o ‘Goodfellas’, porque não vai

O filme conta com Robert De NiroAl PacinoJoe PesciHarvey Keitel – velhos colaboradores de Scorsese -, Anna PaquinBobby CannavaleRay Romano.

Uma técnica arriscada

Para contar esta história de décadas de duração, será usada uma tecnologia de envelhecimento inverso, que, segundo consta, terá custado entre 150 e 175 milhões de euros.

Estamos a ver, mas ainda não tenho a cena toda em que eles são jovens, e o que vou ter de ver, e o que o Marty [Scorsese] vai ter de ver é, ‘Como é que isso vai afetar o resto do filme, vê-los jovens?’“, contou a editora.

No entanto, adiantou que as poucas pessoas que viram os testes do filme não estranharam nada, porque o público, segundo a mesma, fica “agarrado” à história e nem liga à técnica utilizada.

Muito pouca gente o viu [ao filme] (…) Mas as personagens são tão fortes, nem importa – é mesmo engraçado. Não sei como vai ser quando o tivermos todo – esse é o risco“, confidenciou Thelma Schoonmaker.

A editora corta e cola todos os filmes do veterano realizador desde O Touro Enraivecido, embora tenha começado a contribuir para as obras de Martin Scorsese desde 1967.

Schoonmaker já conta com três Oscars da Academia, todos relativos à edição e por O Touro EnraivecidoO Aviador (2004) e The Departed – Entre Inimigos, provavelmente a sua obra-prima.

Para além de The Irishman, que ainda não tem data de lançamento, está previsto que Thelma Schoonmaker vá editar Sinatra, projeto que também não tem data de estreia prevista e que Martin Scorsese abandonou à custa de conflitos com os herdeiros do cantor.