Chegou a hora dos Grammys. A cerimónia anual dos maiores prémios da música decorrem neste domingo (10) e o Espalha-Factos apresenta-te os nomeados às quatro principais categorias da noite.

O álbum do ano

A categoria de Album of the Year é uma das mais importantes (senão a mais importante) da cerimónia dos Grammys. O facto de não estar condicionada a um determinado género musical faz com que o prémio atribuído nesta categoria tenha um sabor diferente, e não são apenas premiados os artistas ou intérpretes, mas sim toda a equipa de produção.

Em 2019, o campo do hip-hop é representado pela grande estreia de Cardi B com o efervescente Invasion of Privacy e a banda sonora do campeão de bilheteiras Black Panther curada por Kendrick LamarDrake e Post Malone também figuram na lista com os seus últimos registos, Scorpion e Beerbongs & Bentleys. O primeiro álbum de H.E.R.—que poderás conhecer mais abaixo—marca a aposta no R&B, ao lado do folk de Brandi Carlile em By the Way, I Forgive You. A cantautora de country Kacey Musgraves e a multifacetada Janelle Monáe figuram na lista com Golden Hour e Dirty Computer, dois dos projetos mais aclamados do ano.

Com a distinção vem a responsabilidade; recordamos que alguns dos maiores nomes do mundo da música estão escritos na história desta categoria. Frank Sinatra e Stevie Wonder foram dois dos recordistas desta categoria, arrecadando três prémios cada um. Os Beatles foram nomeados cinco vezes, apesar de só terem conseguido o galardão em 1968 com Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club BandTaylor Swift consagrou-se como a única mulher a vencer duas vezes. Arcade Fire, Daft Punk ou, no ano passado, Bruno Mars, também receberam a distinção.

Gravação ou canção?

Song e Record of the Year, dois dos Grammys mais importantes, são frequentemente confundidos. Mas a diferença é fácil de entender. O primeiro (Song of the Year) considera somente a composição, as letras e as melodias, pelo que é entregue ao compositor da canção; já o segundo (Record) diz respeito à gravação como um todo, sendo atribuído aos produtores, técnicos e vozes que nela participam.

Ver também: Grammys 2019: Sabe onde podes assistir à cerimónia

Em 2019, estas categorias partilham os seguintes números: Shallow, interpretada por Lady Gaga e Bradley Cooper; The Joke de Brandy Carlile; This Is America de Childish Gambino; God’s Plan de Drake; All the Stars de Kendrick Lamar e SZA; The Middle de Zedd, Maren Morris e Grey.

Como nota a Stereogum, a lista para Record of the Year conta também com I Like It de Cardi B, Bad Bunny e J Balvin, além de Rockstar de Post Malone e 21 Savage.

Estes dois nomeados são substituídos na categoria Song of the Year. Entram Boo’d Up, um novo clássico de R&B que introduziu a novata Essa Mai, e In My Blood de Shawn Mendes.

No ano passado, ambos os títulos foram arrecadados por Bruno Mars, com dois singles do álbum do ano, 24K MagicThat’s What I Like recebeu o título de Song of the Year, enquanto a faixa-título foi reconhecida como Record of the Year.

As revelações do ano

A lista para o Grammy de Best New Artist atravessa os campos do soul, R&B, rock, pop e country. A representante do primeiro é um dos nomes já mais sonantes: a inglesa Jorja Smith, que se estreou com o popular Lost & Found, disco que lhe valeu também uma nomeação para o prestigiado Mercury Prize.

Perto da sua sonoridade está o R&B de H.E.R., a cantora proveniente da Califórnia que encontrou sucesso depois de assinar com a RCA Records, tendo já colaborado com Daniel Caesar e o produtor Grades. Também adjacentes encontram-se Chloe x Halle; o duo mentorado por Beyoncé tempera o seu som intimista, caloroso com apontamentos de trap.

Outro nome dos EUA são os Greta Van Fleet, desonrados pela Pitchfork, que representam o hard rock de Michigan, além de Luke Combs e Margo Price, vozes do country. Bebe Rexha, apesar de ter tido, em 2018, a música mais popular desse género, caminha para a pop sintética. Por último, mas não menos importante, o nome que mais certificações de platina tem a seu nome: Dua Lipa. A londrina firmou o seu nome na indústria com New Rules, êxito que a catapultou para o cimo das tabelas.

Ver também: A lista completa de nomeados para os Grammy 2019