O Benfica x Sporting desta quarta-feira (6) valeu à estação pública a primeira vitória diária nas audiências em 2019. A RTP1 conseguiu 20,3% de share, contra 17,9% da SIC e 16,6% da TVI.

A vitória dos encarnados por 2-1 foi vista em média por 2 milhões e 160 mil espectadores, correspondentes a 22,3% de audiência e 41,3% de share. O jogo da Taça de Portugal foi o segundo programa mais visto deste ano, ficando a escassos 3 mil espectadores dos 2,163 milhões registados pela final da Taça da Liga, transmitida a 26 de janeiro pela TVI (22,3% / 44,8%).

Às 21h26, perto do final da primeira parte, o jogo registou o pico de audiência do dia, com 27,3% de rating. Nessa altura a RTP1 aproximava-se dos 50% de quota de mercado, enquanto os intervalos da SIC e da TVI rondavam os 10%.

Como habitualmente, o Telejornal tirou dividendos da transmissão do jogo. O noticiário da RTP1, exibido antes da partida, conseguiu o melhor resultado do ano, com 1 milhão e 66 mil espectadores (11,0% / 22,8%).

A RTP1 conseguiu ocupar os três primeiros lugares do top de programas desta quarta-feira. Para além do Benfica x Sporting e do Telejornal, O Preço Certo completou o pódio com 924 mil espectadores (9,5% / 22,2%). Com esta tripla, o canal um foi líder ininterruptamente entre as 19 horas e as 22h50.

Valor da Vida (9,4% / 17,4%) foi o melhor programa da TVI, na quarta posição, embora tenha registado mínimos de 2019. O Jornal das 8 (8,8% / 17,3%) completou o top 5, também com mínimo de share. Na SIC, também o Jornal da Noite (8,0% / 15,4%) e a novela Alma e Coração (8,5% / 16,0%) sofreram o impacto do futebol, registando os seus piores shares de 2019.

O início deste ano está a correr de feição à agora estação de Paço d’Arcos. (Foto: Rui Valido / SIC)

SIC ameaça tirar a liderança à TVI em fevereiro

Depois de em janeiro ter conquistado a liderança mensal nos dias úteis, um feito inédito nos últimos 14 anos, a SIC ameaça agora conquistar a liderança geral das audiências neste mês de fevereiro.

Na média dos primeiros seis dias do mês, a estação de Carnaxide segue na frente, com 18,1% de share. A TVI regista uma média de 17,4%, e a RTP1 situa-se nos 13,4%. Os 22 dias que ainda restam ao mês mais curto do ano podem alterar bastante estas médias, mas a luta promete ser renhida.

Nas contas anuais a vantagem continua a ser da TVI, embora com pouca margem. A estação da Media Capital está nos 18,8% de share, contra 18,5% da SIC e 12,3% da RTP1.

O Programa da Cristina foi um factor decisivo para virar o jogo a favor da SIC neste início de 2019, e esta quarta-feira manteve a sua liderança confortável. Cerca de 443 mil espectadores (4,6% / 32,6%) viram o talk show, contra os 276 mil do Você na TV! (2,9% / 21,0%) e os 140 mil da Praça da Alegria (1,4% / 10,6%).

Outros destaques do dia
  • Vidas Opostas teve ontem a melhor audiência do ano, com 740 mil espectadores (7,6% / 20,2%). Embora ficando aquém dos 765 mil de A Teia (7,9% / 22,1%), a novela da SIC aproveitou o facto de ter começado 7 minutos antes da concorrente e liderou no início do episódio.
  • O efeito positivo da Taça de Portugal nas audiências da RTP1 fez-se sentir pela noite dentro. Exibido após o jogo, o Cá por Casa com Herman José teve a melhor edição de 2019, com 412 mil espectadores, batendo recordes de rating e share: 4,3% e 13,3% respectivamente. Também a série This is Us registou máximos do ano, com 110 mil espectadores (1,1% / 5,8%).
  • A RTP3 também beneficiou com a cobertura da Taça de Portugal. O Pós-Match, exibido a partir das 22h40, foi visto por 134 mil espectadores (1,4% / 3,8%), superando os outros canais informativos. Ao final da noite, também 24 Horas (0,7% / 4,2%) e Manchetes 3 (0,6% / 5,4%) estiveram em destaque. O canal público teve uma média de 2% no total do dia.
Dados de audiência da GfK/CAEM, valores Total Dia (Live+VOSDAL). Os valores da RTP3 incluem audiência na TDT e no cabo.