ECO Denim é a nova coleção sustentável anunciada pela americana GUESS. A coleção, que inclui uma linha para o público masculino e outra para o público feminino, chegará a lojas selecionadas em março.

Criar uma aliança entre estilo e sustentabilidade é o mote para o desenvolvimento da linha ECO Denim, na qual se encontram “uma grande variedade de estilos, texturas e designs gráficos”, segundo esclareceu a GUESS em comunicado. Os coordenados, que fazem parte da oferta da marca para a próxima primavera-verão, pretendem reduzir a pegada de carbono, através da menor emissão de CO2 e poupança da água e energia.

O projeto foi pensado para o setor feminino e masculino. A coleção de mulher inclui t-shirts, tank tops e bodies, onde as cores vivas e os logos ganham destaque. Para homem, a oferta inclui t-shirts em várias tonalidades, mas também às riscas ou com padrões que relembram a cidade de Los Angeles. Segundo a marca, todas as peças são desenvolvidas com 100% de algodão orgânico, proveniente “de cultivos sem uso de fertilizantes, pesticidas químicos ou sementes geneticamente modificadas. Acresce que, a redução de energia e do consumo de água  deste processo, atenua os impactos ambientais e socioeconómicos da produção de algodão.” Ambas as linhas são complementadas por um conjunto de jeans, em cortes skinny ou regulares.

Mas a marca vai mais longe. Além da coleção amiga do ambiente, a GUESS, em parceria com a I:CO (I:Collect) – um fornecedor especializado na recolha, classificação certificada, reutilização e reciclagem de peças de roupa e calçado, criou ainda o programa RESOURCED. O projeto, que pretende que os consumidores reciclem os seus guarda-roupas, instalou-se em território americano durante 2018, sendo objetivo da marca a sua expansão mundial até 2020.

LÊ TAMBÉM: ZARA ANUNCIA LANÇAMENTO DE NOVO LOGÓTIPO

Tanto o programa RESOURCED como a ECO Denim fazem parte do GUESS SUSTAINABILITY, um compromisso de sustentabilidade assumido pela empresa em 2017. “Desde essa altura que a GUESS se juntou à Better Cotton Initiative (BCI), com o propósito de melhorar a sustentabilidade na indústria global de algodão, e estabeleceu uma política de fornecimento responsável de rayon e de outros materiais celulósicos, numa tentativa de proteger florestas e comunidades locais.”, esclareceu em comunicado.