A herdeira mais famosa do trono de Genóvia irá regressar às salas de cinema com uma nova sequela de O Diário da Princesa. Quem o confirmou foi Anne Hathaway no programa Watch What Happens Live with Andy Cohen, emitido na passada quinta-feira.

Quando confrontada com a questão “em que fase se encontra o terceiro filme dos diários da princesa”, Hathaway, protagonista do franchise, não conseguiu evitar demonstrar entusiasmo em relação à nova adaptação.

“Sim, há um guião para um terceiro filme”, respondeu a atriz, “Há um guião. Eu quero fazê-lo, a Julie [Andrews] quer fazê-lo, Debra Martin Chase, a nossa produtora, quer fazê-lo. Todos queremos muito que aconteça”.

Com a reunião da emblemática parelha de avó e neta, Julie Andrews e Anne Hathaway prometem, mais uma vez, dar vida à autoritária rainha Clarisse Renaldi e à jovem Mia Thermopolis, adolescente que descobre inesperadamente a sua pertença à família real de um pequeno principado Europeu.

Ainda não existem quaisquer datas de estreia, mas o empenho na produção da sequela é, sem dúvida, notório. Como adianta Hathaway, “não queremos fazê-lo a menos que esteja perfeito. Adoramos tanto os filmes como vocês […] e não queremos lançar nada, até estar pronto, mas estamos a trabalhar nisso”.

Anne Hathaway e Julie Andrews em O diário da princesa (2001). Fonte: Ron Batzdorff/ Rex/ Shutterstock

Todavia, a confirmação de O Diário da Princesa 3 não surge como uma surpresa. Os rumores remontam ao ano de 2016, com a entrevista de Garry Marshall, realizador dos dois primeiros filmes da sequência, à revista People.

“Estive com a Anne Hathaway há alguns semanas atrás, e parece que queremos fazer ‘O Diário da Princesa 3’ em Manhattan. Anne Hathaway está muito grávida, portanto teremos de esperar até ela ter o bebé e depois penso que iremos fazê-lo”, revelou Marshall.

A esperança na realização do filme desvaneceu-se um pouco, após a trágica morte do realizador aos oitenta e oito anos por complicações de pneumonia.

Garry Marshall e Anne Hathaway na gala dos prémios Ace Eddie. Fonte: Kevin Winter/ Getty Images

No entanto, em 2017, Julie Andrews voltou a reacender a possibilidade de um regresso ao grande ecrã, em homenagem ao trabalho prévio de Marshall: “Penso que vamos fazê-lo em honra dele. A Annie [Hathaway] teve uma ideia que gostaria de aplicar ao novo guião, e eu estou totalmente a favor da mesma, se ela quiser”.

Assim, para os fãs da incrível princesa criada por Meg Cabot, resta apenas aguardar e, entretanto, rever os primeiros filmes da saga: O Diário da Princesa (2001) e O Diário da Princesa 2: Noivado Real (2004).