Nos dias 1 e 2 de fevereiro, o Teatro D. Maria II, em Lisboa, recebe a peça The Scarlet Letter (A Letra Escarlate), uma encenação da encenadora espanhola Angélica Liddell.

The Scarlet Letter, a mais recente encenação da criadora espanhola, estreou-se mundialmente na cidade francesa de Orleães, em dezembro de 2018. Esta encenação tem como ponto de partida a obra com o mesmo nome do escritor norte-americano, Nathaniel Hawthorne (1804-1864).

Na peça, a artista propõe que sejam trabalhadas a escuridão à qual está submetida a condição humana e também a hipocrisia que se vive em tempos de puritanismo, temas recorrentes nas suas criações.

The Scarlet Letter

Foto: divulgação

Segundo Nathaniel Hawthorne, “somos as flores negras de uma sociedade civilizada“. Liddell, por sua vez, afirma que “Com The Scarlet Letter submergimo-nos nos pesadelos que nos dão forma, na necessidade da culpa e na incapacidade de fuga, como uma rebelião contra a saúde e a ordem“.

A encenação

Falado em espanhol e italiano, com legendas em português, a peça estará em cena na sala Garrett do Teatro D. Maria II, com sessão às 21h00, na sexta-feira, e às 19h00, no sábado.

Com duração aproximada de 1h40 e com intervalo, este é um espetáculo para maiores de 18 anos.

A encenação, cenografia e figurinos são de Angélica Liddell, que também estará em cena, juntamente com Antonio L. Pedraza, Daniel Matos, Eduardo Molina, Nuno Nolasco, Tiago Costa, entre outros.

Esta será uma coprodução do Centre Dramatique National Orléans Val de Centre e dos teatros La Colline – Théâtre National e Teatros del Canal – Madrid, em colaboração com o Teatro Nacional D. Maria II.

Mais informações aqui.

Lê também: Peça de Pirandello Vai a Cena no Estrela Hall