Empire

Edgar Wright revela planos para próximo filme e confirma ainda sequela de ‘Baby Driver’

Depois de uma boleia de Baby Driver – Alta Velocidade (2017) para longe da realização, Edgar Wright deu meia volta e só parou em Londres, onde se vai passar o seu próximo filme.

Em exclusivo à revista Empire, o cineasta responsável por Zombies Party – Uma Noite… de Morte (2004) invocou o thriller assustador Aquele Inverno em Veneza (1973), de Nicolas Roeg, e ainda uma das obras de terror do aclamado Roman Polanski, Repulsa (1965) como inspirações para o seu próximo projeto. O último ficou eternizado pelo clássico A Semente do Diabo (1968), com uma história que continua a inspirar cineastas nos dias de hoje.

Apercebi-me de que nunca fiz um filme sobre o centro londrino – especificamente Soho, algures onde passei uma grande parte dos últimos 25 anos“, confidenciou o realizador britânico.

Para além de ter lugar em Inglaterra, vai ser estrelado por uma mulher, posta à prova numa história de terror psicológico.

E como uma boleia nunca vem só, segundo adiantou Wright, também “um rascunho de ‘Baby Driver 2’ existe“, e “leva a história mais longe“. De acordo com o site IndieWire, Kevin Spacey provavelmente não voltará à história, onde protagonizou o seu vilão.

Baby Driver – Alta Velocidade foi longe, gerando críticas positivas e quase 200 milhões de euros (face a um orçamento de apenas 29 milhões e 900 mil euros), e bateu ao portão da Academia. Porém, as três nomeações ao Oscar, relativas à edição e ao som (edição e mistura), não foram suficientes para entrar na lista de vencedores.

Constam ainda da filmografia de Edgar Wright o filme de culto Scott Pilgrim Contra o Mundo (2010) e The World’s End (2013) e Hot Fuzz – Esquadrão de Província (2007), filmes que completam, junto de Zombies Party – Uma Noite… de Morte, a ‘The Cornetto Trilogy‘ (2004-2013).

Mais Artigos
cinema
Ministério da Cultura quer todo o cinema português digitalizado