A SIC recuperou a primeira posição entre os canais portugueses nas audiências desta segunda-feira (14), depois de no sábado e no domingo não ter conseguido superar a TVI

A estação de Carnaxide somou 20,3% de share diário, mais um ponto percentual que a Quatro. A RTP1 fechou o dia com 12,1% dos espectadores que ligaram a televisão neste dia. No quarto e quinto lugar, continua evidente a proximidade entre a CMTV (3,4%) e a Globo (3,1%).

A manhã continua a ser decisiva para o canal do grupo Impresa. O Programa da Cristina, nova coqueluche da programação, completou uma semana no ar com 5,4% de audiência média e 36,2% de share. O Você na TV!, em segundo lugar, tem praticamente metade dos espectadores: 3% de audiência média e 20,2% de share. A Praça da Alegria não foi além dos 1,5% de audiência média e 10,6% de quota de mercado.

O Primeiro Jornal conseguiu também, à boleia de Cristina, bater um novo recorde de share: 31,6%, com uma audiência de 6,5%. À mesma hora, ficaram ao longe o Jornal da Uma (5,2% / 22,5%) e Jornal da Tarde (3,4% / 15,1%).

Horário nobre continua com marca TVI

O prime-time, principal horário da televisão, continua a ter liderança da estação de Queluz. Valor da Vida, a telenovela que estreou ontem uma segunda temporada, registou 13% de audiência média e 27,3% de share, contra 9,9% de audiência média e 21% de share da concorrente Alma e Coração.

Na sequência, também a novela A Teia (TVI) bateu um novo máximo de share: 26,8%, com audiência média de 9%.

A SIC só regressou à liderança já perto da meia-noite, com a ficção brasileira. Segundo Sol (4,1% / 18,7%) ultrapassou a série Onde Está Elisa? (3,3% / 16%).

Outros destaques do dia

  • Estreou, com bons resultados, a nova série francesa da RTP2: Barão Negro. Marcou 1,2% de audiência média e 2,7% de share.
  • A reposição da telenovela Remédio Santo, emitida às 14h35 na TVI, obteve o pior resultado de 2019: 1,7% de audiência média e 11,2% de share.
  • America’s Got Talent, em repetição às 23h47 na SIC Mulher, registou 0,9% de audiência média e 4,1% de share.