Naturais de Barcelos, os Gator, The Alligator são a primeira banda a ser confirmada no Bons Sons 2019; o anúncio foi feito pela organização do festival nesta terça-feira. A escolha justifica-se por ter sido esta a banda portuguesa com melhor classificação no Festival Termómetro.

Como tem sido habitual, a banda vencedora do Festival Termómetro atua no Bons Sons”, explica o festival em comunicado. Contudo, o festival—criado em 1997 por Fernando Alvim, com o objetivo de promover novos artistas—teve como vencedores os belgas Jaguar Jaguar. O Bons Sons pauta por oferecer um cartaz inteiramente português; assim, “a banda selecionada para viver a aldeia foi a banda nacional mais bem classificada”, ou seja, os Gator, The Alligator.

O grupo é constituído pelo vocalista e guitarrista Tiago Martins, o guitarrista Eduardo da Floresta, o baixista Ricardo Tomé e o baterista Filipe Ferreira. Lançaram Life Is Boring, disco de garage rock, sons psicadélicos e fuzz, em outubro de 2018.

Gator, o jacaré hiperativo chegou e está pronto para soltar descargas elétricas em forma de ondas sonoras. Carregado de poderes místicos do fuzz, promete hipnotizar todos aqueles que se submeterem aos seus feitiços” – Gator, The Alligator

O Bons Sons 2019 volta a ocupar a aldeia de Cem Soldos, em Tomar, de 8 a 11 de agosto. Este ano, o festival avança para aquela que será a sua 10ª. edição. A banda barcelense inaugura com os Gator, the Alligator um cartaz composto por cerca de 50 bandas.

Após o sucesso da edição de 2018, a lotação foi reduzida de forma a proporcionar “a melhor experiência possível” aos visitantes. Os bilhetes estão disponíveis e têm um custo de 35€ até ao final de março.

LÊ TAMBÉM: BONS SONS 2018: CEM SOLDOS E A SAUDADE QUE FICA