A Green Trekker, empresa de viagens de aventura, preparou uma caminhada radical para começar o mês de fevereiro. No dia 2, o passeio é pela Serra de Sintra, com início na Barragem do Rio da Mula. O percurso tem 17 quilómetros.

O ponto de encontro é às 10h na Barragem. Segue-se uma passagem pelo Tholos do Monge e uma descida até Colares. Pelo caminho, os participantes vão passar por Gigueiróz, Tapada de Monserrate, Mosqueiros e Tapada do Saldanha. A caminhada deverá terminar pelas 16h, no ponto de partida.

O guia do percurso é João Sá Nogueira. O nível de dificuldade do trajeto é elevado, por isso a organização recomenda que se inscrevam pessoas com boa condição física. O percurso contém vários desníveis e alguns pontos mais difíceis de ultrapassar. O objetivo é explorar “o lado mais selvagem” da Serra.

O custo da inscrição é de 15 euros. Inclui um seguro de acidentes pessoais, um seguro de responsabilidade civil e a orientação do guia. Os inscritos devem ter mais de 15 anos. É aconselhável levar pelo menos dois litros de água, roupa e calçado adequados, chapéu e alimentação.

LÊ TAMBÉM: AÇORES CONSIDERADOS O NONO MELHOR DESTINO DE VIAGEM PARA 2019
Caminhadas e viagens de aventura

A Green Trekker organiza viagens e caminhadas de aventura em Portugal e também no estrangeiro. Independentemente do local, o propósito passa sempre pela aproximação à natureza e por uma experiência de descontração e companheirismo.

A empresa surgiu em 2011. Os amigos Patrícia Cabral, João Sá Nogueira, Miguel Vilardebó e João Custódio faziam caminhadas juntos e perceberam que muitas pessoas tinham interesse naquela atividade. Tornaram-se sócios e, em 2013, passaram a dedicar-se a tempo inteiro ao projeto.