É o primeiro evento do género organizado por David Marques e define-se como um workshop de dança, mas não é só isso. Este decorre durante dois dias no Palácio Pancas Palhas, em Lisboa, já a partir de 19 de janeiro.

“O Dança Sem Vergonha é uma investigação sobre um modo de dança que tem um contexto, um corpo (em preparação, em potência, disponível, pronto para a eventual repetição), uma maneira de se relacionar com a música (com prazer e muitas vezes em correspondência directa com o ritmo, o espírito e a letra da música, caso exista) e uma relação com o público (imaginado e projectado nas paredes ou nos espelhos)”, explica David Marques, o organizador do evento, ao Espalha-Factos.

A ideia surgiu de um desejo de criar um espaço onde cabem residências, formações, conversas e eventualmente coreografias e destina-se a interessados na área, estudantes e profissionais das artes performativas. Dança Sem Vergonha, diz David Marques, é “um chapéu largo de investigação que pretendo estender no tempo”.

Depois de uma residência inicial de pesquisa nos Estúdios Victor Córdon, o organizador propõe aos participantes um laboratório de dois dias, em Lisboa, para continuar a investigação.

David Marques também se inspirou na sua própria experiência pessoal: “nos últimos anos, tenho procurado formas de dançar e razões para dançarDançar num palco é muito diferente de dançar num estúdio, em casa ou numa discoteca. Dançar num espectáculo é muito diferente de dançar num ensaio”. Durante o workshop vão ser realizados vários exercícios de improvisação e escrita que articularão todas as ideias de David.

Para desafiar os interessados, o organizador deixa algumas pistas em forma de pergunta para o que aí vêm: “que outra dança é essa que não costuma ir para palco? Como é a sua relação com a música, a sua ambição técnica, o seu imaginário? Será uma proto-dança, uma dança antes de ser terminada, que não está pronta para ser vista? Que lugar ocupa o prazer nesta dança?”

dança

Imagem: divulgação

O Dança Sem Vergonha, laboratório de dança contemporânea, acontece nos dias 19 e 20 de janeiro (sábado e domingo), das 10h às 17h, no Palácio Pancas Palhas, em Lisboa.

O workshop tem o preço de 30 euros e um número de vagas limitado a 15. As inscrições podem ser feitas em [email protected]

Sobre o organizador

David Marques é licenciado pela Escola Superior de Dança de Lisboa e frequentou a formação ex.e.r.ce do Centre Chorégraphique National de Montpellier como bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian.

Como coreógrafo estreou-se em 2007 com o apoio da EIRA em Lisboa. Desde aí, tem vindo a apresentar as suas criações em vários países como Portugal, Espanha, França, Bélgica, Ucrânia, Israel e Brasil.  É também fundador da PARCA, plataforma de criação e difusão artística.

LÊ TAMBÉM: À ESPERA DE BECKETT OU QUAQUAQUA: JORGE LOURAÇO FIGUEIRA TRAZ A CENA BECKETT E RIBEIRINHO