É uma das épocas do ano mais esperadas pelo comum mortal e é também uma das épocas do ano em que mais dinheiro é gasto: os saldos. 

Há quem adore a confusão das lojas, há quem prefira comprar online. Há quem vá aos saldos para comprar aquele casaco pelo qual esperou o inverno inteiro e há quem vá para renovar o roupeiro. Neste artigo damos-te seis dicas para poderes aproveitar ainda melhor as promoções desta altura do ano.

1- Estabelecer um budget

saldos

Esta é talvez a dica mais importante e a que te vai fazer poupar mais dinheiro em época de saldos. Estabelecer um orçamento vai fazer com que reflitas bem antes de comprar uma peça – será que a peça vale aquele preço? vale a pena comprar a peça só por ter um bom desconto? Comprar por impulso é um dos maiores erros que cometemos nos saldos e acabamos por gastar dinheiro em peças que nunca iremos usar. Para evitar isso mesmo, o melhor é estabelecermos um limite ao dinheiro que queremos gastar.

2-  Deitar cedo e cedo erguer…  melhores compras vais fazer

saldos

Esta dica faz parte da rotina de qualquer shopaholic. Ir ao centro comercial nas horas em que está mais vazio vai facilitar (e muito) fazer compras em época de saldos. E é logo de manhã a melhor altura para ir ao shopping e evitar as filas para os provadores e para as caixas, além disso as lojas (ainda) estão arrumadas – o que torna muito mais fácil encontrares os melhores descontos e o teu tamanho.

3-  Comprar online 

saldos

Comprar online é uma das grandes invenções que a internet trouxe, e é também o melhor truque para quem quer evitar a selva em que as lojas se tornam nos saldos. Além de fazermos as compras no conforto da nossa casa, o stock das lojas é muito maior e há mais probabilidade de encontrares o teu tamanho. Hoje em dia já é possível não pagares portes, com a recolha em loja. A única desvantagem de comprar online é o facto de não podermos provar as peças antes de as comprarmos (ainda assim, é sempre possível trocar posteriormente o tamanho em loja).

4- Pensar a longo prazo

saldos

Fotografia: Priscilla Du Preez/ Unsplash

Queremos evitar ao máximo compras por impulso, certo? Uma das dicas que te podemos dar é a de que ponderes bem antes de te dirigires para a fila da caixa. Estamos quase em janeiro e devemos pensar bem na roupa de inverno que já temos no roupeiro. Será que ainda vale a pena investir em roupa de inverno? Ou é agora que devo investir em peças de inverno mais caras? Invisto já em roupa de meia-estação? Ainda preciso de botas e sobretudos? São perguntas que devemos fazer sempre para evitarmos comprar peças das quais já não precisamos neste inverno.

5- Ir com pressa para os saldos? Nunca

saldos

Tal como a pressa é inimiga da perfeição, também pode ser inimiga da nossa carteira. Fazer compras sem tempo para escolhermos bem aquilo que queremos comprar – sobretudo roupa – vai fazer com que gastemos mais dinheiro (muito provavelmente em peças que pouco vamos usar). O melhor é irmos para o centro comercial dispostos a passar lá umas boas horas. Fazer uma primeira visita às lojas para vermos o que há e depois então, numa segunda ronda, comprarmos as peças que elegermos. Pode acontecer que a mesma peça haja em duas lojas diferentes e, numa delas, seja mais barata.

6- Aproveitar a última semana de saldos

saldos

Na última semana de saldos já não se encontram peças giras? Mito. É na última semana de saldos que podemos encontrar as melhores pechinchas – principalmente online. Em loja é provável que já não hajam muitas peças nem muitos tamanhos, mas online o stock é sempre maior. Não devemos deixar para a última semana a ida aos saldos – é certo – porque é muito provável que já não encontremos as peças que mais queremos, mas fazer uma visitinha aos sites das lojas na última semana é sempre uma boa ideia para encontrarmos peças giras a preços incríveis.