Mesmo a fechar 2018, Barack Obama, antigo presidente dos Estados Unidos, partilhou no Instagram aquela que é a sua lista de músicas, filmes e livros preferidos. São 23 músicas, 15 filmes e 29 livros. 

Na literatura, o destaque óbvio foi para Becoming, da mulher Michelle Obama, fazendo um parêntesis “Obviamente o meu [livro] preferido!”. A publicação já está na casa dos milhões de “gostos” e tem merecido a aprovação da maioria dos seguidores do político.

Na sua publicação explica porque é que fez esta lista: “À medida que 2018 chega ao fim, continuo a minha tradição favorita e compartilho as minhas listas de fim de ano. Dá-me um momento para fazer uma pausa e refletir sobre o ano através dos livros, filmes e músicas que achei mais interessantes, inspiradores ou que simplesmente aodrei. Isto também me dá a oportunidade de destacar autores talentosos, artistas e contadores de histórias – alguns que são nomes familiares e outros que podes não ter ouvido antes.”

Fica aqui a conhecer as músicas, livros e filmes que Barack Obama mais gostou.

As canções favoritas:

The CartersApes**t

Leon BridgesBad Bad News
H.E.RCould’ve Been (feat. Bryson Tiller)
Tom MischDisco Yes (feat. Poppy Ajudha)
Jupiter & Okwess Ekombe

Brandi Carlile – Every Time I Hear That Song
Ashley McBryde – Girl Going Nowhere
Tonina – Historia de Un Amor (feat. Javier Limón and Tali Rubinstein)
Cardi B – I Like It (feat. Bad Bunny and J Balvin)

J. ColeKevin’s Heart
Anderson EastKing For a Day
Khalid & NormaniLove Lies
Janelle MonáeMake Me Feel

Prince Mary Don’t You Weep (Piano & A Microphone 1983 Version)
Chance the RapperMy Own Thing (feat. Joey Purp)
Courtney BarnettNeed a Little Time
HozierNina Cried Power (feat. Mavis Staples)

Fatoumata DiawaraNterini
Kurt VileOne Trick Ponies
BJ the Chicago KidTurnin’ Me Up
Lord HuronWait by the River

Jay RockWow Freestyle (feat. Kendrick Lamar)
Nancy WilsonThe Great American Songbook

Este álbum foi dedicado a uma das melhores cantoras jazz de todos os tempos, Nina Wilson, que faleceu no dia 13 de dezembro de 2018.

Os livros favoritos

Becoming de Michelle Obama
An American Marriage de Tayari Jones
Americanah de Chimamanda Ngozi Adichie
The Broken Ladder: How Inequality Affects the Way We Think, Live, and Die de Keith Payne
Educated de Tara Westover
Factfulness de Hans Rosling
Futureface: A Family Mystery, an Epic Quest, and the Secret to Belonging de Alex Wagner
A Grain of Wheat de Ngugi wa Thiong’o
A House for Mr Biswas de V.S. Naipaul
How Democracies Die de Steven Levitsky e Daniel Ziblatt
In the Shadow of Statues: A White Southerner Confronts History de Mitch Landrieu
Long Walk to Freedom de Nelson Mandela
The New Geography of Jobs de Enrico Moretti
The Return de Hisham Matar
Things Fall Apart de Chinua Achebe
Warlight de Michael Ondaatje
Why Liberalism Failed de Patrick Deneen
The World As It Is de Ben Rhodes
American Prison de Shane Bauer
Arthur Ashe: A Life de Raymond Arsenault
Asymmetry de Lisa Halliday
Feel Free” de Zadie Smith
Florida de Lauren Groff
Frederick Douglass: Prophet of Freedom de David W. Blight
Immigrant, Montana de Amitava Kumar
The Largesse of the Sea Maiden de Denis Johnson
Life 3.0: Being Human in the Age of Artificial Intelligence de Max Tegmark
There There de Tommy Orange
Washington Black de Esi Edugyan

Os filmes favoritos

Aniquilação
Black Panther
BlacKkKlansman
Blindspotting – À Queima Roupa
Em Chamas
A Morte de Estaline
Eighth Grade
If Beale Street Could Talk
Leave No Trace
Minding the Gap
The Rider
Roma
Shoplifters
Support the Girls
Won’t You Be My Neighbor

* Artigo escrito com Pedro Miguel Coelho