Eurovisão
Fotografia: RTVE

Eurovisão 2019: Chipre já escolheu a sucessora de ‘Fuego’

Os 42 países a concurso no Festival Eurovisão da Canção 2019 já iniciaram as seleções nacionais para a escolha dos temas que os vão representar em Tel Aviv, Israel, a 14, 16 e 18 de maio.

A vitória de Netta Barzilai na edição deste ano, que aconteceu em Lisboa, levou o festival para terras israelitas. Agora, as nações concorrentes começam a anunciar os artistas que vão fazer voar a sua bandeira no 64.º Eurovision Song Contest. São 42 países, menos um que o recorde do ano passado — a Bulgária retirou-se do concurso pela primeira vez desde 2014.

Chipre já escolheu a artista que sucede Eleni Foureira e o seu Fuego no palco do certame, mas não foi o único país a anunciar o seu representante. O Espalha-Factos mostra-te as primeiras novidades sobre as seleções nacionais, internas ou não, para a maior competição de música do Mundo.

Tamta dá Replay no palco da Eurovisão

Depois do segundo lugar da aclamada Fuego, a expectativa para o tema que o Chipre iria selecionar para 2019 estava em alta. No entanto, os fãs de Eleni Foureira podem estar descansados — parece que a participação na próxima edição vai seguir os passos da sua antecessora.

Depois de semanas a dar pistas através das redes sociais, a emissora cipriota revelou finalmente que os rumores estavam certos e é mesmo Tamta que vai representar o país em 2019.

A cantora, natural da Geórgia, vai interpretar Replay no palco da Eurovisão. É uma das artistas mais populares da Grécia (onde reside) e já tentou representar o país através da seleção nacional, mas o Chipre agarrou esta oportunidade, tal como aconteceu com Foureira.

A equipa por trás de Replay não é desconhecida para os fãs eurovisivos. O tema foi composto por Alex Papaconstantinou, o mesmo compositor de Fuego e de La La Love, entrada do Chipre em 2012, em conjunto com outros quatro compositores suecos. O staging do tema fica a cargo de Sacha Jean-Baptiste, que coreografou (adivinhe-se) Fuego e, em 2017, Beautiful Mess de Kristian Kostov, ambos segundos lugares na competição. Será mais um ano de sorte para o Chipre?

Srbuk vai representar a Arménia

O Chipre não foi o primeiro país a anunciar a sua representante. Ainda no final de novembro, a Arménia revelou que a artista Srbuk vai fazer voar as cores da sua bandeira para Tel Aviv. A artista foi selecionada internamente, ao contrário dos últimos anos, em que o representante era selecionado através do Depi Evratesil, a seleção nacional arménia.

Eurovisão
Srbuk vai representar a Arménia na Eurovisão 2019. (Fotografia: Eurovision.tv)

No entanto, o tema ainda não foi selecionado. A AMPTV, emissora nacional da Arménia, está a receber candidaturas de músicas, entre as quais será escolhida a canção que Srbuk vai interpretar no palco da Eurovisão.

Quem escolhe a seguir?

Até agora, as artistas reveladas foram escolhidas através de seleção interna, mas aproximam-se as primeiras seleções nacionais — o Festival da Canção de cada país. E são muitos os países que já fizeram alguns anúncios sobre os artistas que podem levar a concurso.

A meio da decisão está a Albânia, que tem a decorrer as semifinais do Festivali i Këngës, onde 22 artistas estão a concurso; no sábado decide-se quem representa o país no certame europeu.

Alemanha revelou seis possíveis candidatos para o Unser Lied für Israel, o concurso que decide o seu representante todos os anos. Já a Suécia revelou os 28 concorrentes e em que semifinal do Melodifestivalen cada um participa, com nomes como Nano, Wiktoria e Margaret a regressar em 2019. O Eesti Laul, seleção da Estónia, também já tem 24 nomes anunciados para competir nas duas semifinais, em fevereiro, assim como os 30 artistas para o A Dal da Hungria.

Eurovisão
Madame Monsieur foram os vencedores do Destination Eurovision 2018, a seleção francesa. (Fotografia: France 2)

França revelou os 18 concorrentes do Destination Eurovision, seleção que foi estreada no ano passado, assim como uma prévia de cada tema concorrente, através do TwitterEspanha vai voltar a usar o concurso de talentos Operación Triunfo para decidir o artista representante; apesar de a edição já ter chegado ao fim, em janeiro realiza-se uma gala especial Eurovisão onde dez destes 17 temas, interpretados pelos concorrentes da edição, competem pela vitória.

Quanto a Portugal,Festival da Canção tem semifinais marcadas para os dias 16 e 23 de fevereiro nos estúdios da RTP e final marcada para 4 de março, em local a anunciar. Foram revelados os 16 compositores, que irão ainda anunciar quais os artistas que escolheram para interpretar os seus temas.

Festival Eurovisão da Canção decorre a 14, 16 e 18 de maio de 2019 em Tel Aviv, Israel, depois da vitória de Netta em Lisboa. Os espetáculos irão decorrer no interior do Centro de Convenções de Tel Aviv, com capacidade para 10.000 pessoas.

Zeen is a next generation WordPress theme. It’s powerful, beautifully designed and comes with everything you need to engage your visitors and increase conversions.

Mais Artigos
Stardust movie
Filme sobre David Bowie é um fracasso para a crítica especializada