Além do bacalhau com batatas, o perú assado e o bolo rei, há muitas mais tradições à mesa por todo o mundo. O Espalha-Factos dá-te a conhecer diferentes ceias de Natal. 

O propósito é o mesmo – celebrar o nascimento de Jesus – mas a tradição é diferente. Desde Nova Iorque até à China, as iguarias que saem da cozinha para a mesa fazem as delicias da ceia de Natal de cada cultura.

Desde a América, passando pela Europa, até à Ásia, alguns costumes mantêm-se idênticos aos nossos, mas outros são muito diferentes e curiosos.

Estados Unidos da América

O clássico. Identificamos a tradição natalícia americana pelo Jingle Bells ou pelo espírito de Natal que conhecemos depois de tantas vezes ver o filme Sozinho em Casa. 

Num país onde convergem inúmeras culturas, não há regras na mesa. Na ceia de Natal, ninguém leva a mal que se coma frangos, massas, carnes, hambúrgueres ou pratos vegetarianos.

Mas o mais tradicional inclui o perú assado com puré de batata, biscoitos de gengibre com diferentes formas, tartes de maçã, noz pecã, batata doce e bolo de chocolate.

Os tradicionais biscoitos de gengibre que se deitam ao pai Natal juntamente com um copo de leite, podem desaparecer facilmente da mesa de Natal (bem antes de o pai Natal chegar).

Natal

Bolachas de gengibre (Fotografia: Monika Grabkowska/ Unsplash)

Argentina

O Vitel Toné tem origem em Itália, mas marcou lugar na mesa dos argentinos. Se é um prato de peixe ou carne? Fica ao critério de cada um. O Vitel Toné é um bife acompanhado com um molho feito de atum, ovo e leite e é servido frio.

No que toca aos doces a consoada argentina inclui o Mantecol: um doce feito de amendoim cuja textura se desfaz na boca.

View this post on Instagram

VITEL TONÉ: Me pidieron recetas navideñas, les traigo una por excelencia 🎅🏼🌲 Vitel Toné o Vitello Tonnato ❤️ Es un plato italiano, significa “ternera al atún” yo lo amo, en casa no 😩 no les gusta la salsa, entonces ese plato que ven en la foto me lo voy a comer todo yo 🤣 A las nenas les separé peceto sin salsa….¿Cómo le dicen ustedes al peceto? ¿Peyeto o peceto? Yo le digo peyeto 😂 Duda existencial 😰🤣 Hablando en serio, te paso la receta 👉🔸INGREDIENTES: 1 peceto, laurel, cebolla, sal, zanahoria, apio, puerro y agua cantidad necesaria.🔸SALSA: 1/2 vaso de caldo, 200 g de mayonesa, 3 cdas de alcaparras, 1 lata de atún , 3 anchoitas, 2 cdas de mostaza y 200 ml de crema de leche.🔸PROCEDIMIENTO: Hervir el peceto en una olla con agua, la zanahoria cortada, laurel, apio, puerro y sal por aprox 1 hora a fuego bajo. Dejar enfriar. 🔸SALSA: licuar todos los ingredientes de la salsa. 🔸ARMADO: Cortar el peceto en rodajas, colocarlas en una fuente y arriba la salsa. Decorar con perejil y alcaparras, si te gusta, agregá huevo picado. . . #viteltoné #vitellotonnato #recetasnavideñas #recetas #recetasfaciles #cocinafacil #instafood #foodie #foodblog #foodblogger #yummy #delicious #rico #christmas #navidad #ilovecooking #cook #foodgram #felicesfiestas #fiestas #navidad #carnesbysabrina

A post shared by Sabrina Onorato (@sabrina.recetas) on

França

O perú mantém-se na mesa. Mas além deste, a consoada é composta por ostras, ganso, escargots (iguaria de caracóis), salmão fumado, foie gras fatiado e champanhe.

É uma ementa mais requintada e com glamour, precisamente ao estilo francês.

A ceia termina com o Bûche de Nöel, que é como quem diz, tronco de natal. É uma tradição francesa, mas que também se encontra em algumas mesas da consoada em Portugal. É um bolo de chocolate feito de creme e decorado com frutas ou castanhas e com açúcar de confeiteiro.

Natal

Bûche de noël (Fotografia: distopiandreamgirl/ VisualHunt)

LÊ TAMBÉM: 7 DECORAÇÕES DE NATAL QUE PODES FAZER EM CASA

Alemanha

Frio, decorações e músicas de Natal. Este é o ambiente natalício que pede comida e bebida reconfortante. É por isso que na Alemanha não pode faltar vinho quente na mesa. É o Glühwein.

Para acompanhar o vinho quente, o prato típico natalício é uma versão da gastronomia tradicional do país. Os alemães preparam salsicha e salada de batatas na noite da consoada.

Natal

Glühwein (Fotografia: matthewokeefe/ VisualHunt)

Angola

Mantém hábitos portugueses desde a altura colonização – levando para as mesas mais abastadas o bacalhau, as rabanadas e o vinho – mas introduz alimentos típicos do país africano.

Um deles é o funge (mistura de farinha de mandioca ou milho com água). Há ainda pratos vegetarianos com mandioca.

No que toca às bebidas há a Quiçângua e o Kimbombo que são bebidas feitas à base de cereais. E também o Caporroto, bebida feita com banana, ou batata doce ou com farelo de cereais.

Natal

Angola: funge (Fotografia: jbdodane/ VisualHunt)

Japão

No japão mantém-se a carne como prato principal, mas troca-se o tipo e a forma de confecionar. Em vez do peru assado que faz parte da consoada em vários países, os japoneses comem frango frito.

Para sobremesa, os estragos na dieta continuam com um bolo de Natal que já é tradição no Japão: o Kurisumasu keki.

A receita original tinha apenas um glacê à base de manteiga, mas hoje em dia a decoração é mais elaborada. Os bolos são cobertos por chantili, morangos e chocolate.

Natal

Frango Frito (Fotografia: Eiliv-Sonas Aceron/ Unsplash)