O novo filme sobre Cruella De Vil, que será interpretada na película por Emma Stone, está perto de encontrar o seu realizador, noticia esta terça-feira o The Hollywood Reporter. A escolha deve recair em Craig Gillespie, realizador de Eu, Tonya, filme de 2018 pelo qual Margot Robbie esteve nomeada para o Óscar de Melhor Atriz Principal.

O filme ainda não tem data de estreia, mas já se sabe alguns detalhes sobre a produção. Será um live-action com um toque punk e terá lugar na década 80.

Este novo projecto da Disney foi encomendado em 2013 e ganhou uma protagonista em 2016.

Não será a primeira vez que a personagem da Disney é interpretada em live-action. A primeira a fazê-lo foi Glenn Close, em 1996, tendo repetido a dose quatro anos depois. Cruella de Vil apareceu pela primeira vez no clássico de animação 101 Dálmatas, de 1961.