Um utilizador do Twitter, com o pseudónimo @TheHackerGiraffe, é o alegado autor de um ataque informático que teve como alvo 50 mil impressoras. Os objetivos eram alertar para as falhas de segurança destes equipamentos e promover o youtuber sueco PewDiePie.

O hack aconteceu no passado dia 29 de novembro e afetou vários tipos de impressoras, desde multifunções de gama alta a impressoras de recibos. Os únicos requisitos eram ter o equipamento ligada à internet, as “portas” de impressão expostas e utilizar firmware antigo.

As impressoras que foram alvo do ataque imprimiram uma mensagem de promoção ao canal do PewDiePie, onde também se encorajava as “vítimas” a remover a subscrição do canal T-Series. Este canal chegou a ultrapassar o número de subscritores do youtuber sueco e, por isso, gerou algumas picardias entre ambos.

pewdiepie

Foto da mensagem enviada pelo autor do ataque

Lê também: EFSecurity: Entre a cadeira e o teclado está uma das chaves da segurança

No Twitter, o autor referiu que o ataque serviu para alertar para uma falha de segurança grave presente em várias impressoras e garantir que a segurança destes tipo de equipamentos é alvo de escrutínio a nível mundial.

Para encontrar os dispositivos vulneráveis foi utilizado o Shodan, uma espécie de Google para pesquisar dispositivos expostos online, afirmou o autor no Twitter. Aqui, referiu em entrevista ao site The Verge, terá encontrado mais de 800 mil impressoras que poderiam ter sido alvo do ataque.

Este hack teve alguma exposição online, com vários utilizadores a partilharem fotos das mensagens impressas pelas suas impressoras.