Se no verão é o sol que nos resseca a pele, em consequência da exposição solar, o inverno, o frio é o pior inimigo da nossa pele e não são só os lábios que sofrem. 

É o maior órgão do nosso corpo e mantê-la hidratada durante todo o ano pode ser um grande desafio. Por isso mesmo, o Espalha Factos dá-te 6 dicas que vão facilitar (e muito) a tua rotina de cuidados de pele.

1- Banhos longos e com água muito quente? Devem ser evitados

No inverno, tomar banho de água quente (para não dizer, a escaldar) é a nossa maior tentação. Além de nos ajudar a aquecer, depois de um dia frio, é considerado o momento relaxante do dia. Mas pode ser muito prejudicial para a nossa pele: a água quente resseca-a (e muito). Se não consegues tomar banho com água morna mas queres manter a pele hidratada, o melhor é apostares em banho rápidos.

2- Hidratar o corpo durante o banho

Para compensar o que a água quente faz à nossa pele, devemos apostar mesmo na hidratação. O que no verão não parece ser uma tarefa muito difícil – colocar creme no corpo após o banho – no inverno, pode parecer uma verdadeira tortura. Ninguém gosta de apanhar frio depois do banho, pois não? O truque passa por hidratarmos o corpo ainda no banho (assim podemos vestir o pijama logo que sairmos, não é verdade?).inverno

Além de podermos apostar naqueles cremes hidratantes que são especialmente formulados para serem usados no banho, os óleos corporais podem ser os nossos grandes aliados para hidratar a pele. Passar um óleo corporal (os óleos para crianças também são uma ótima opção) e, de seguida, retirar a maior quantidade com água vai fazer com que a nossa pele fique super brilhante e hidratada quando sairmos do banho.

3- Hidratar (e cuidar muito) a pele facial

A face é a parte da nossa pele que mais sofre – seja no verão, com a exposição solar, seja no inverno, com a exposição ao frio. E não só quem tem a pele seca deve reforçar os cuidados que tem. Também a pele com tendência a oleosa sofre com desidratação (muitas vezes, o óleo que a pele produz em excesso pode ser sinal disso mesmo – pele desidratada).

No inverno, devemos evitar usar produtos com base aquosa – água micelar e produtos à base de gel. Se apostarmos numa rotina com produtos cremosos, vamos estar a reforçar a hidratação da nossa pele e evitamos que resseque. Utilizar toalhitas para desmaquilhar e limpar a pele e lavar a face com água quente são dois passos que devemos evitar (ao máximo) no inverno. Desmaquilhantes em creme são uma boa alternativa.

LÊ TAMBÉM – ESTA MÁQUINA DE LAVAR PINCÉIS É O SONHO DE QUALQUER BEAUTY LOVER

4- Vaselina: o super hidratante

inverno

Os pés e os cotovelos são as zonas mais secas do nosso corpo e não é só no verão (que estão à mostra) que devem ser cuidados. Como requerem mais hidratação do que outras zonas, a vaselina é uma boa opção para dar um boost de hidratação aos nossos pés e cotovelos. Uma dica infalível é colocarmos vaselina nos pés, antes de adormecermos, e calçarmos umas meias – desta forma o creme vai ser todo absorvido pelos nossos pés e na manhã seguinte vão estar super hidratados.

5- Como evitar lábios gretados

Um facto que não podemos negar é o de que os lábios são quem mais sofre durante o inverno. Tenhamos pele oleosa ou seca, os nossos lábios estão sempre ressequidos e gretados por causa do frio. Colocar sempre um batom hidratante na nossa bolsa é o melhor truque para nunca nos esquecermos de manter os lábios minimamente cuidados.

inverno

Para quem não gosta do aspeto brilhante com que os lábios ficam, tem sempre a opção de usar um batom hidratante com cor. Batons matte devem ser evitados por quem quer manter os lábios hidratados.

Aplicar vaselina nos lábios antes de adormecermos é um cuidado que podemos ter para uma hidratação mais intensiva e rápida.

6- Esfoliar a pele no inverno? O menos possível

O que no verão ajuda a manter a pele macia e hidratada – a esfoliação – no inverno deve ser um passo que devemos evitar na nossa rotina de cuidados de pele. Não queremos ressecar ainda mais a nossa pele, pois não?

inverno

Para quem não consegue resistir à esfoliação corporal, o melhor é fazê-lo apenas uma vez por semana, elegendo um esfoliante com grãos mais pequenos e suaves.