Portugal está prestes a competir em mais um Festival da Eurovisão. É já no domingo (25) que Rita Laranjeira sobe ao palco do Festival Eurovisão da Canção Júnior, transmitido em direto na RTP1, às 15h.

Escolhida através do programa Juniores de Portugal, Rita subirá ao palco com Gosto de Tudo (já não gosto de nada), canção escrita por João Só. A representante portuguesa não é estranha a competições. Já foi finalista do Meo Kids Music Fest e ficou entre as seis candidatas finalistas para o musical Amália de Filipe La Féria.

Esta é a quarta vez que Portugal participa no Júnior. O antepenúltimo lugar foi a melhor classificação até à data, conseguida por Mariana Venâncio no ano passado. As outras participações remontam a 2006 e 2007.

Será possível votar na atuação portuguesa a partir de 23 de novembro, no site oficial do evento. É a primeira vez que isto acontece e cada pessoa pode votar as vezes que quiser, gratuitamente, até o programa começar.

Este ano, regista-se o maior número de participantes de sempre na história do Festival Eurovisão da Canção Júnior. Portugal competirá com 19 países em Minsk, Bielorússia, e a competição promete ser ainda mais renhida do que é costume. Mas quem são os participantes?

Albânia: Efi Gjika – Barbie

A Albânia traz uma música divertida e dançável, composta por Efi, que também a interpreta. A letra foi escrita pela sua mãe, o que torna esta música ainda mais especial. Efi já atuou em várias peças de teatro musical, incluindo Alice no País das MaravilhasFrozen.

Antiga República Jugoslava da Macedónia: Marija Spasovska – Doma (Home)

Marija apresenta Doma, uma balada poderosa com uma mensagem emocionante, cantada em macedónio. Marija tem 13 anos, começou a sua carreira musical aos quatro e vive na capital do seu país, Skopje.

Arménia: L.E.V.O.N – L.E.V.O.N

A Arménia traz uma canção divertida e um participante animado, ambos com o mesmo nome. O representante arménio tem 12 anos, nasceu em Yerevan, a capital da Arménia, e já participou no The Voice Kids russo. A canção é definitivamente a mais dançável de todas as concorrentes.

Austrália: Jael – Champion

Jael tem 12 anos e começou a sua carreira musical aos quatro, quando escreveu a sua primeira música. Representa a Austrália com Champion, uma canção que evidencia a sua voz poderosa e relembra a participação do país na edição passada do Festival Eurovisão da Canção, realizado em Lisboa, pela sua mensagem. Jael canta sobre nunca desistir e não ter medo de brilhar.

Bielorrússia: Daniel Yastremski – Time

Daniel é o representante do país anfitrião com Time, uma canção pop ao estilo dos tops mundiais, cantada em russo e inglês. Daniel estuda música desde os seis anos em Minsk, a cidade que recebe o Festival Eurovisão da Canção Júnior. Tem 14 anos e já participou em programas de talento como Ukraine has talents, Children’s New Wave The Voice Kids.

Cazaquistão: Daneliya Tuleshova – Òzińe Sen

Daneliya é a primeira representante do Cazaquistão no Festival Eurovisão da Canção Júnior. Tem 12 anos e foi vencedora do The Voice Kids ucraniano. Com Òzińe Sen, é a grande favorita à vitória.

França: Angélina – Jamais Sans Toi

Angélina representa França com uma canção leve e alegre que retrata algo universal: a amizade. Com 12 anos, já foi vencedora do The Voice Kids. Jamais Sans Toi é cantada em francês e inglês e é também uma das canções favoritas à vitória.

Geórgia: Tamar Edilashvili – Your Voice

Tamar tem 13 anos, nasceu em Tbilisi e estuda música. Representa a Geórgia com uma canção inspiradora, cantada na sua língua materna, que começa de forma calma, mas que cresce e se transforma completamente.

Holanda: Max and Anne – Samen

Max e Anne são uma das duas duplas nesta edição. Têm ambos 14 anos e cantam Samen, uma balada sobre amizade, em holandês e inglês. Max é surdo de um ouvido, mas isso não o impede de cantar. Anne representa em várias peças de teatro musical. Ambos participaram no The Voice Kids.

LÊ TAMBÉM: Black Friday: 7 dicas para aproveitar a sexta-feira mais negra do ano

Irlanda: Taylor Hynes – IOU

Taylor é apaixonado por representar, cantar e dançar. O representante da Irlanda traz uma canção sobre amor, cantada em irlandês. No vídeo mostra a sua personalidade e boa disposição, acompanhado de Ryan O’Shaughnessy e da vencedora eurovisiva pela Irlanda em 1993, Niamh Kavanagh.

Israel: Noam Dadon – Children Like These

Noam Dadon é o representante israelita no Festival Eurovisão da Canção Júnior, tem 13 anos e começou a cantar aos cinco. Aos dez anos participou no programa Master Class, que juntava talentosos cantores infantis. Com Children Like These, Israel aposta numa canção calma, cantada em hebreu, que retrata o momento agridoce da infância.

Itália: Melissa & Marco – What is Love

Itália é representada por uma dupla simplesmente amorosa. Melissa & Marco cantam What is Love, uma canção doce e calma, em língua italiana. Melissa tem apenas 10 anos e faz parte de uma companhia musical. Marco já tem 14 e venceu a competição italiana Prodigi.

Malta: Ela – Marchin’On

Ela representa Malta com Marchin’On, uma canção sobre ser forte e nunca desistir. A cantora tem 12 anos e já representou Malta em várias competições internacionais, como a New Wave Junior, Next GenerationEuro Pop Contest.

País de Gales: Manw – Perta

Manw é a primeira participante do Países de Gales no Festival Eurovisão da Canção Júnior. Tem 14 anos e representa o seu país com Perta, uma ode à beleza do mar e da vida, cantada em galês. A canção do País de Gales destaca-se pela voz única de Manw e pela sonoridade dos instrumentos, que se afasta um pouco do som pop da maioria das canções concorrentes.

Polónia: Roksana Węgiel – Anyone I Want To Be

Roksana tem 13 anos e foi a vencedora do The Voice Kids polaco. No programa, treinou com Edyta Górniak, que representou a Polónia no Festival Eurovisão da Canção em 1994. Roxie é conhecida pela sua voz forte e apresenta-se com uma canção bilingue. É uma das favoritas à vitória.

Rússia: Anna Filipchuk – Unbreakable

Anna é a aposta da Rússia para esta edição do Festival Eurovisão da Canção Júnior com uma canção inspiradora cantada em russo e inglês. A vocalista de 14 anos já venceu várias competições internacionais e atuou pela primeira quando tinha apenas cinco anos.

Sérvia: Bojana Radovanović – Svet (World)

Bojana é a representante da Sérvia com a canção Svet, uma balada sobre a paz e o amor, cantada em sérvio. A jovem cantora de 13 anos já ganhou vários prémios em competições municipais e distritais e já participou em festivais musicais regionais infantis. Foi também a finalista do programa de talentos Pinkove zvezdice.

Ucrânia: Darina Krasnovetska – Say Love

Darina tem apenas 11 anos, mas se fecharmos os olhos esquecemo-nos completamente da sua idade. Em Say Love, representa a Ucrânia com a sua voz doce e poderosa. Darina tem aulas de canto há mais de cinco anos — metade da sua vida.

 

LÊ TAMBÉM: Maria Flor Pedroso decidiu: Direção de Informação da RTP é paritária