A televonela portuguesa produzida pela Plural Entertainment Portugal arrecadou ontem, 19 de novembro, o terceiro Emmy para Portugal. Ouro Verde foi distinguido, nos International Emmy Awards, em Nova Iorque, sete anos depois do último prémio para os portugueses.

A telenovela vencedora é da autoria de Maria João Costa. As estrelas portuguesas eram Diogo Morgado e Joana de Verona que davam vida a Zé Maria/Jorge MonforteBeatriz Ferreira da Fonseca, respetivamente. Uma novela que andou entre a vingança e o amor. Ouro Verde foi emitida na TVI entre janeiro e outubro de 2017.

LÊ TAMBÉM: ‘OURO VERDE’: TVI REVELA APOSTA VALIOSA

Na categoria de Telenovela, Ouro Verde lutava contra Cesur ve Guzel e Istanbullu Gelin, ambas da Turquia, e Paquita La Del Barrio, do México.

Antes de ‘Ouro Verde’ já ‘Meu Amor’ e ‘Laços de Sangue‘ tinham arrecadado o Emmy Internacional. ‘Meu Amor’, em 2010, telenovela emitida na TVI e protagonizada por Margarida Marinho, Alexandra Lencastre e Rita Pereira. ‘Laços de Sangue’, em 2011, telenovela emitida na SIC e protagonizada por Joana Santos, Diana Chaves e Diogo Morgado.

Nos anos seguintes Portugal não ganhou, mas ainda teve algumas nomeações. Entre as quais: ‘Remédio Santo’ (TVI) e ‘Rosa Fogo’ (SIC), em 2012, ‘Belmonte’  (TVI), em 2014 e ‘Mulheres’ (TVI), em 2015.

Os vencedores

Na 46.ª edição dos Internacional Emmys Awards, foram entregues prémios em 11 categorias, nas quais estavam envolvidos 20 países.

La Casa de Papel

La Casa de Papel

Nesta edição, em Nova Iorque, o destaque foi para a série espanhola ‘La Casa de Papel’. O fenómeno da Netflix venceu uma das mais importantes categorias: melhor série dramática.

Lars Mikkelsen, ator dinamarquês, ganhou o prémio de melhor ator com a sua performance em ‘Ride Upon the Storm’. Já o prémio de melhor atriz foi para a alemã Anna Schudt pelo seu papel em ‘Ein Schnupfen hätte auch gereicht’. Não foi o único prémio para os alemães, sendo que também arrecadaram o melhor programa de entretenimento sem guião com ‘Hoe Zal Ik Het Zeggen?’.

O melhor programa artístico levou o Emmy para a Holanda, com ‘Etgar Keret – Een waargebeurd verhaal’. Já o prémio de melhor comédia voou até Israel graças a ‘Nebsu’.

O melhor documentário foi para uma produção do Reino Unido, ‘Goodbye Aleppo’. O melhor telefilme foi também para os irmãos ingleses com ‘Man in an Orange Shirt’. ‘Una Historia Necesaria’ levou o prémio de melhor série de curta duração para a América do Sul, Chile.

Por fim, o prémio de melhor série não anglófona de horário nobre (produzida nos EUA) foi para ‘El Vato’.

LÊ TAMBÉM: NBA TV vai voltar a estar disponível em Portugal