No próximo ano, o Campo Pequeno vai receber os Massive Attack em data dupla, pelo 21.º aniversário do álbum Mezzanine. Depois de ter esgotado o concerto marcado para 18 de fevereiro, o grupo anunciou nesta terça-feira (6) outra atuação para 19 de fevereiro.

Depois de ter sido anunciada a tour com as datas marcadas para as cidades escolhidas para a nova digressão de Massive Attack, passaram poucos dias até os bilhetes serem postos à venda. Em poucas horas todos os bilhetes à excepção da plateia em pé tinham sido vendidos, e poucos dias depois a lotação esgotou oficialmente. Agora, a banda anuncia uma segunda data para a capital, logo no dia a seguir.

Mezzanine XXI

Esta é uma tour de celebração do vigésimo-primeiro aniversário do Mezzanine, o álbum de 1998. A digressão chama-se Mezzanine XXI e conta com a envolvência dum espetáculo único e criado de propósito. Pela parte sonora, podemos contar com uma reinterpretação do álbum, fiel às influências de outrora e com o som das samples originais reedificadas. Na parte da imagem, a assinatura é de Elizabeth Fraser, dos Cocteau Twins, que produziu a forma audiovisual do espetáculo. Os audiovisuais são desenhados por Robert Del Naja, uma das metades, completada por Grantley Marshall, dos Massive Attack.

A tour tem início dia 28 de janeiro, em Glasgow e termina dia 1 de março, em Bristol, num concerto também ele já esgotado. A América do Norte recebe o mesmo espetáculo numa digressão à parte, que começa em Montreal dia 11 de março e termina a 4 de abril, em San Diego.

O duo de trip-hop volta assim a pisar solo português, sendo que a última vez havia sido em 2016, no palco principal do Super Bock Super Rock. Os bilhetes para a nova data já foram postos à venda. Nas palavras de Robert Del Naja “vai ser um trabalho único; o nosso próprio pesadelo nostálgico”.