De acordo com o site de entretenimento Collider, Steven Spielberg, Oprah Winfrey e Quincy Jones estarão para produzir um remake de A Cor Púrpura (1985) para a produtora Warner Bros.

Esta será a segunda vez em que o trio trabalha a obra – agora diretamente adaptada do musical da Broadway: Spielberg realizou, Oprah estreou-se como atriz em cinema e Jones produziu o filme e compôs a sua banda sonora.

A Cor Púrpura foi então um sucesso, gerando quase 125 milhões de euros em relação a um orçamento de pouco mais de 13 milhões. Para além disso, o filme de Steven Spielberg sobre discriminação racial e sexual arrecadou 11 nomeações da Academia, embora não tenha levado nenhuma dessas estatuetas douradas para casa. Assim, juntamente com A Grande Decisão (1977), A Cor Púrpura é tecnicamente o maior derrotado de sempre dos Oscars.

A adaptação do aclamado romance de Alice Walker, que venceu o Prémio Pulitzer de Ficção em 1983 – a escritora foi ainda a primeira mulher negra a fazê-lo -, lançou também a atriz Whoopi Goldberg, a única a ter direito a um Globo de Ouro pelo filme.

No que toca ao musical da Broadway homónimo, este estreou em 2005, tendo estado três anos em cena, e foi igualmente nomeado por 11 vezes para os Tony Awards – considerados os Oscars do Teatro. Há três anos, outra versão surgiu e levou para casa o Tony para Melhor Renascimento de um Musical.

Também o veterano produtor teatral Scott Sanders fará de novo parte da próxima adaptação.

Para já, ainda nenhum ator foi associado ao elenco da produção. A data para o começo do projeto permanece desconhecida.