A Porto Editora publica, no dia 8 de novembro, o primeiro livro de ficção escrito por Bill Clinton em co-autoria com James Patterson, intitulado O Presidente Desapareceu.

O livro, lançado em junho nos EUA, conta a história do Presidente Jonathan Lincoln Duncan que, perante um perigoso cyber attack e uma possível conspiração para um impeachment, desaparece misteriosamente.

Ao mesmo tempo que discorre sobre a razão do desaparecimento do protagonista, a obra ficcional assinada pelo antigo Presidente dos EUA Bill Clinton, e pelo consagrado autor de thrillers James Patterson, procura desvendar os bastidores do poder.

Bill Clinton

Foto: Porto Editora

“E se Patterson contribuiu com a trama e o suspense, os oito anos de mandato de Bill Clinton acrescentam a este thriller político a autenticidade sobre o dia a dia de um Presidente dos EUA, seja na vida dentro da Casa Branca, seja na relação com outros políticos, nomeadamente líderes de grandes potências mundiais”, adianta em comunicado a editora que chancela a obra.

Lê também: OBAMA E BIDEN REGRESSAM, DESTA VEZ PARA RESOLVER UM HOMICÍDIO

Apesar de esta ser a primeira aventura de Bill Clinton na ficção, Patterson é tudo menos um novato nestas andanças. O autor detém inclusive o recorde do Guinness por ter alcançado mais vezes o n.º 1 na lista de bestsellers do New York Times.

Muitos dos seus thrillers mundialmente reconhecidos foram já traduzidos para português. A Amante, A Casa da Morte e os livros sobre a personagem fictícia Alex Cross são alguns dos exemplos.

Assim que publicado pela primeira vez, O Presidente Desapareceu vendeu mais de um milhão de exemplares em apenas dois meses.

O livro que chega às estantes portuguesas a 8 de novembro tem 464 páginas e vai estar à venda por 17,70 euros.

Lê também: PRÉMIO OCEANOS: TRÊS PORTUGUESES ESTÃO ENTRE OS FINALISTAS