O Festival Nacional de Gastronomia começa a 26 de outubro e termina a 4 de novembro, em Santarém. A 38.ª edição do evento vai ter como tema central o azeite. A Casa do Campino acolhe os dez dias de Festival.

Da programação fazem parte conversas sobre vinho e azeite, cozinha ao vivo com o azeite como ingrediente principal, um workshop para aprender a escolher azeite e muita animação musical. Os chefs Tiago Bonito, Vítor Matos, Joachim Koerper e Rodrigo Castelo vão preparar um banquete ao jantar nos dias 26, 27, 2 e 3, respetivamente. O custo da refeição é de 50 euros.

Cada dia do evento é dedicado a um dos municípios pertencentes à Comunidade Intermunicipal da Lezíria do Tejo. Os municípios são: Salvaterra de Magos, Almeirim, Azambuja, Benavente, Cartaxo, Coruche, Alpiarça, Chamusca, Rio Maior e Golegã. No dia 26 vai ser lançado o Guia dos Restaurantes Certificados da Lezíria do Tejo. A Confraria Gastronómica do Ribatejo vai apresentar, no dia 1 de novembro, a Carta Gastronómica da região.

Moura, Marvão, Mirandela e Açores são os convidados desta edição. Cada um vai dinamizar showcookings e provas com o azeite da sua região. Destaque ainda para a entrega dos prémios Great Taste Awards Portugal, no dia 29 de outubro. 

Durante todos os dias do Festival, o recinto vai contar com uma praça do petisco, um bar, uma zona de doçaria, restaurantes, um salão de vinhos e bancas de artesanato. O bilhete para o festival custa 2 euros. Nos dias 29, 30, 31 de outubro e 2 de novembro a entrada é gratuita entre as 12h e as 17h.

LÊ TAMBÉM: TOUR DO PITÉU: PETISCOS E CERVEJA A 3 EUROS EM ALMADA
Visitas guiadas 

Além da gastronomia, o programa do evento inclui visitas guiadas gratuitas a Santarém. No dia 27 de outubro, o percurso passa pelo centro histórico da cidade e tem como fio condutor o azulejo. No dia 30 a visita começa no mercado municipal, passa pelo Mosteiro de S. Francisco, pela Fonte das Figueiras e termina no Jardim da República. 

Nos dias 27 e 31 de outubro e no dia 2 de novembro, o passeio oferece uma perspetiva geral de Santarém e da sua história. Este percurso inclui uma visita ao Urbi Scallabis Centro de Interpretação, ao principal miradouro da cidade, ao Jardim das Portas do Sol e à Torre das Cabaças.