Steve Carell foi confirmado como o protagonista masculino do próximo drama matinal produzido pela Apple. Mas como uma estrela não chega para a empresa multinacional, a este juntam-se Reese Whitherspoon e Jennifer Aniston.

Apesar da confirmação, a série não tem até ao momento um título definido. Sabe-se, no entanto, que terá direito logo à partida a duas temporadas de 20 episódios cada.

Segundo fonte próxima do projeto, a série seguirá “um olhar mais próximo sob as vidas das pessoas que ajudam a América a acordar todas as manhãs. Explorará os desafios únicos encarados pelas mulheres (e homens) que carregam este ritual matinal.”

LÊ TAMBÉM: O que esperar do próximo evento da Apple: iPads, Macs e muito mais

O ator ficou conhecido no mundo das séries pelo seu papel de Michael Scott, em The Office. Desde o fim da produção em 2011 que Carell se dedicou ao mundo cinematográfico, mas tem agora o seu regresso enquanto regular numa série televisiva. Neste novo projeto será Mitch Kessler, um pivot de um programa matinal com dificuldades para manter a sua relevância num mundo dos media em constante mudança.

A ideia da série vem do antigo executivo da HBO, Michael Ellenberg. O projeto incluirá também o contexto do livro de Brian Stelter, “Top of the Morning: Inside the Cutthroat World of Morning TV.

As atrizes serão, para além de co-protagonistas da série, produtoras executivas da mesma. Aniston não aparecia no mundo das séries desde a sua participação em “Friends“, enquanto que Whitherspoon teve como último projeto “Big Little Lies“.

A série estará inserida no novo projeto de streaming da Apple. Apesar de estar a avançar a passos largos, o serviço continua sem data de lançamento ou nome definido. Isso não impede a gigante multinacional de ter mais de uma dúzia de séries em desenvolvimento neste momento.

LÊ TAMBÉM: Não é mentira. La Toya Jackson é convidada do ‘5 para a Meia Noite’