Os Beirut, o grupo musical encabeçado por Zach Condon, acabam de anunciar um novo disco. O novo projeto chama-se Gallipoli e corresponde ao quinto álbum de estúdio da banda norte-americana. O anúncio foi feito através de uma carta aberta publicada no website oficial da banda.

O álbum é batizado após uma cidade italiana com o mesmo nome, onde Condon, inspirado por uma procissão religiosa, escreveu uma música chamada Gallipoli em apenas um dia. “Fiquei bastante satisfeito com o resultado. Pareceu-me uma mistura catártica de todos os discos, antigos e novos, e devolveu-me às velhas alegrias da música enquanto experiência visceral”, esclarece o artista.

No novo trabalho, a banda junta-se novamente ao produtor Gabe Wax, que já tinha colaborado com os Beirut no seu álbum anterior, No No No, de 2015. Os detalhes sobre o lançamento do disco ainda não foram divulgados. Contudo, o grupo partilhou um teaser audiovisual do que poderá ser uma faixa de Gallipoli nas redes sociais.

A publicação no website, assinada por Zach Condon, data a agosto de 2018 e relata, entre outros episódios, o processo de criação de Gallipoli. O líder dos Beirut escreveu ainda sobre o seu tempo passado entre Berlim e Nova Iorque e sobre a sua afeição por um órgão adquirido no seu primeiro emprego.

“Gallipoli começou a formar-se na minha cabeça, quando finalmente recuperei o meu antigo órgão Farfisa, enviado para Nova Iorque, da casa dos meus pais, em Santa Fé. Eu adquiri o órgão graças ao meu primeiro emprego na CCA, uma sala de cinema independente e galeria local”, explica Condon na publicação.

LÊ TAMBÉM: “NO NO NO” DOS BEIRUT: É MAIS SIM, SIM, SIM

Sobre o órgão Farfisa, o artista conta que passou os três anos após ter adquirido o instrumento a escrever “todas as músicas que poderia extrair dele”. “A maior parte do meu primeiro disco (Gulag Orkestar, 2006) e grande parte do meu segundo (The Flying Club Cup, 2007) foram escritas inteiramente nesse órgão, que morou no quarto da minha infância, não muito longe do centro de Santa Fé”, diz ainda na carta.