NOIR junta a música a uma das mais sinistras histórias de Edward Gorey, inspirada em dois assassinos em série reais. A estreia é já dia 18, quinta-feira, em Vila Franca de Xira, no Palácio do Sobralinho.

A companhia Inestética promete um espetáculo predominantemente visual e coreográfico, com música original de Luís Soldado e coreografia de Sofia Silva. A encenadora Alexandre Lyra Leite adapta, assim, The Loathsome Couple, uma das mais macabras obras do ilustrador e autor americano Edward Gorey.

Publicado em 1977, The Loathsome couple conta a história de um casal que mata crianças. E, embora os desenhos tenham a estética vitoriana caraterística das obras de Gorey, o livro é inspirado num famoso caso do século XX. Os personagens ficcionais de Harold Snodleigh e Mona Gritch são baseados em Ian Brady e Mira Hindley.

Um casal desprezível

Não chegaram a casar, mas Brady e Hindley foram ambos responsáveis por uma série de crimes que ficou conhecida como The Moors Murders. Os assassinatos de cinco crianças marcaram profundamente a Inglaterra da década de 1960. Na altura, Hindley ficou conhecida como “a mulher mais maléfica da Grã-Bretanha”.

Numa conversa ilustrada no projeto de animação Goreytelling, o autor americano explica que decidiu escrever The Loathsome Couple depois de ler vários livros sobre os crimes.

Gorey explicou ainda que era difícil determinar que detalhes do livro é que eram baseados na caso real. “Acho que é difícil descobrir o que é tens baseado no real, às vezes as coisas são baseadas no real e outras vezes não”, disse, salientando que todo o seu trabalho era uma espécie de paródia da realidade.

Ainda assim, para ver…

Apesar do tema, NOIR é adequado a maiores de 14 anos. O espetáculo estreia já esta quinta-feira (18) e vai estar em cena até 4 de novembro. Os bilhetes estão disponíveis a 7,50 euros, mas os menores de 25 anos só pagam 5 euros.

LÊ TAMBÉM: BILL E HILLARY CLINTON VIRAM PEÇA DE TEATRO DA BROADWAY