O realizador e argumentista Ryan Coogler está de regresso a Wakanda, nação africana ficcional do mundo de Black Panther (2018), para a continuação do filme de super-heróis. A notícia foi avançada hoje, dia 11 de outubro, pela revista americana The Hollywood Reporter.

Black Panther 2 é, para já, o nome do novo projeto de Ryan Coogler, que voltará não só a realizar mas também a escrever o guião, desta vez da sequela de um dos filmes mais badalados do ano. É ainda esperado que Chadwick Boseman volte a encarnar o papel de T’Challa (ou Pantera Negra), bem como o regresso de outros atores importantes no primeiro filme.

A editora Marvel Comics ainda não comentou a divulgação, e portanto ainda não há detalhes sobre o enredo desta sequela. Assim, não foi definida a data de estreia de Black Panther 2.

Vê também: Lilo & Stitch é a próxima aposta live-action da Disney

O primeiro filme, que estreou a 15 de fevereiro em Portugal, bateu recordes em todo o mundo, tendo sido o filme da Marvel Comics com maior receita de sempre nos Estados Unidos (pouco mais de 600 milhões de euros). Para além de Ryan Coogler estar na iminência de uma primeira nomeação a Oscar, é antecipado que a sua terceira longa-metragem esteja na lista dos melhores filmes do ano para a Academia.

A revista americana Variety adianta, por outro lado, que a produção estará para começar no final de 2019 ou no começo do ano seguinte, dependendo da prontidão do argumento. As fontes citadas por esta revista especulam, por fim, que o cineasta estará a planear realizar uma produção mais pequena antes de se lançar a Black Panther 2.

Uma das hipóteses seria um remake do clássico dos anos 50 Doze Homens em Fúria (1957), mas é para já incerto sobre qual dos projetos se debruçará primeiro Ryan Coogler.

Depois de ter realizado Creed: O Legado de Rocky (2015), Ryan Coogler é produtor-executivo na respetiva sequela, Creed II (2018), que estreia em Portugal em menos de dois meses (6 de dezembro).