Barbara Broccoli, produtora de Bond 25, o próximo filme do agente secreto 007, pediu aos fãs da série para não esperarem uma mulher Bond. Depois da mais recente especulação sobre quem será o próximo James Bond, depois da era Daniel Craig, surgiu a resposta de Barbara Broccoli. A produtora acha, no entanto, que mais personagens femininas deveriam ser incluídas nas obras vindouras.

Nem todos os fãs do galã James Bond pretendem que a tradição se mantenha: em relação ao género da personagem principal, que ganhou fama através das prestações dos portanto eternizados Sean Connery e Timothy Dalton, há quem deseje até uma reviravolta à Doctor Who (2005- ). Joddie Whittaker assumiu a passagem d’O Doutor, que era então levado por 12 atores masculinos, para mulher na famosa série da emissora de TV inglesa BBC.

Por sua vez, tal não estará mesmo para acontecer a James Bond.

Bond é um homem“, sublinhou a produtora Barbara Broccoli, que divide o cargo com Michael G. Wilson, ao jornal britânico The Guardian. “Ele é uma personagem masculina. Foi escrito enquanto homem e eu penso que ele provavelmente ficará como homem“, contextualizou.

Depois de relativizar a situação, a produtora explicou que “não temos de transformar personagens masculinas em femininas“. Reconduziu, ainda, a vontade de muitos para uma nova solução: “Vamos apenas criar mais personagens femininas e fazer com que a história encaixe nelas“, adiantou Barbara Broccoli.

A atriz Rosamund Pike, que se mostrou ao mundo como Bond Girl (menina Bond) no ano de 2002, em 007 – Morre Noutro Dia, sugeriu sentimentos similares: “Eu penso que a personagem de Bond é um homem. Ele é mesmo“, declarou ao website Uproxx, questionando se não seria melhor criar uma agente secreta original por si.

Para além da existência da curta-metragem James Bond Supports International Women’s Day (2011), que veio demonstrar o lado mais feminino de 007, Barbara Broccoli garante que tem tentado fazer a sua parte pela causa. Assim, seleciona particularmente os filmes em que Daniel Craig entra para evidenciar que “eles se tornaram muito mais atuais no que toca à forma como as mulheres são vistas“, pois não esquece “como o mundo mudou“.

A realização de Bond 25 ficará a cargo do americano Cary Joji Fukunaga. O filme tem estreia marcada, nos Estados Unidos da América, para 14 de fevereiro de 2020. Daniel Craig vestirá, pela quinta vez, o fato do agente secreto mais famoso do mundo.