Costumas andar de avião? E tens o hábito de viajar com os pés descalços? Neste artigo, vais ficar a perceber porque o deves deixar de fazer. E não, não é só pelo incómodo que pode causar à pessoa sentada ao teu lado.

São muitos os passageiros que para contrariar o desconforto nos pés e pernas, tendem a descalçar-se. Mas o melhor conselho pode ser mesmo o de nunca de se descalçar durante o voo (ou até usar meias elásticas). E tudo tem a ver com uma questão de higiene.

Quem o conta é Linda Ferguson, uma assistente de bordo, ao Reader’s Digest: “Ficamos incomodados, porque o chão dos aviões está repleto de germes”. A assistente apela para que não se ande descalço na casa de banho, assim como na zona da cozinha porque muitas vezes deixam “cair copos e pode haver vidros escondidos que não se vejam”.

É importante ter em conta que os tapetes dos aviões não são limpos todos os dias. A equipa de limpeza, quando algo é derramado no chão, apenas elimina a mancha. O que quer dizer que podem não ter desinfetado toda a área onde os germes estarão espalhados.

Mas há mais. Não estar calçado é não estar devidamente protegido numa situação de emergência. Segundo Tony Kuna, ex-comissário de bordo, “durante uma emergência, tudo o que estiver no chão vai bloquear o seu trajeto até à saída, além de ser um incómodo quando estiver fora do avião. Imagine ter de correr com os pés descalços pelo corredor coberto de vidro partido, possíveis chamas e estilhaços de metal”.

Por último (mas não menos importante), o ar dos aviões é reciclado e o mau cheiro dos pés poderá infiltrar-se no sistema de ar condicionado.