A partir desta sexta-feira (28) e até domingo, o Mercado da Vila, em Cascais, vai ser o palco do Mercado da América Latina. A primeira edição do evento conta com gastronomia, artesanato, cinema, música, dança e workshops.

A programação abre ao final da tarde com dança e música colombianas, tango argentino e com um grupo de música cubana. Sábado começa com um workshop de pisco, a bebida nacional peruana. A animação continua com dança peruana e capoeira brasileira. O México também vai marcar presença com um showcooking de Martha Thomé e com um grupo de danças do país.

As atividades da tarde de sábado terminam com uma conversa com a escritora argentina Cristina Norton e com um programa de rádio ao vivo da República Dominicana. Na noite do mesmo dia vai ser exibido o documentário colombiano Chibiriquete, de Carlos Arturo Ramirez. O Brasil vai apresentar um espetáculo de forró.

O Panamá surge no domingo com um workshop de Ron Abuelo, um dos runs mais conhecidos do país. Segue-se o Paraguai com uma degustação de chá de erva mate. Destaque para o workshop de chocolate por Nelson dos Santos, da Venezuela.

No domingo a dança fica a cargo da Argentina e de Cuba. Na música, a bossa nova do Brasil vai ser a protagonista. Os escritores brasileiros João Meirelles Filho, Marcos Peres e Luísa Geisler vão estar presentes para um debate sobre literatura. Ao final da tarde vai ser exibido o filme dominicano Loki 7, realizado por Ernesto Alemany.

LÊ TAMBÉM: CASTELO DE S. JORGE VAI TER UM DIA COMPLETO DE ENTRADA LIVRE E ATIVIDADES GRATUITAS
Riqueza cultural

O objetivo do Mercado é dar a conhecer a riqueza cultural e a diversidade da região através das suas diversas comunidades. A organização é da Câmara Municipal de Cascais e da Casa da América Latina. 

O evento conta também com o apoio das embaixadas da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Cuba, México, Panamá, Paraguai, Peru, Republica Dominicana, Uruguai e Venezuela. A entrada é gratuita.