Agora que já sabes onde foste colocado, está na hora de conheceres a cidade onde viverás os melhores anos de folia académica. Em Faro, banhado a Sul pelo Oceano Atlântlico, terás o privilégio de estar na capital do Algarve, destino de férias por excelência. Para te ajudar a usufruir ao máximo da experiência, o Espalha-Factos apresenta-te os melhores locais para estudares, passeares e, claro, reconfortares o estômago e a alma.

Faro situa-se no limite do Parque Natural da Ria Formosa, um conjunto de lagoas de água salgada e lodaçais que servem de refúgio para aves migratórias e vida selvagem. Mas é também uma cidade cénica, sobretudo na área circundante à marina, e oferece inúmeros espaços culturais, bem como gastronómicos.

A Universidade do Algarve, composta por três campus em Faro, conta atualmente com infraestruturas e equipamentos que proporcionam excelentes condições de estudo, trabalho e investigação a uma população de cerca de oito mil estudantes. Durante pelo menos três anos, será também a tua segunda casa, por isso não queremos que te falte nada.

PARA ALIMENTARES O TEU GÉNIO 

Jardim Manuel Bivar

Ex-librís da cidade, é ponto obrigatório graças às suas esplanadas onde se pode desfrutar, por exemplo, de uma sessão de estudo e do clima ameno da região. Para além disso, está rodeado de um conjunto notável de edifícios, com destaque para a Igreja da Misericórdia, onde poderás ir acender uma velinha por aquele cadeirão que te dará, certamente, cabo dos nervos.

fotografia de EuroVelo Portugal

Jardim da Alameda

Claro que podemos recomendar-te a biblioteca municipal de Faro por ser um sítio calmo, espaçoso e com pátio. Mesmo ao lado, contudo, podes desfrutar do belo jardim da Alameda. Aí, para além das zonas de lazer e desporto, não faltam sítios onde sentar para trabalhar em grupo ou sozinho. Mas atenção: se te importares de ouvir a ocasional cantoria dos pavões, é melhor ficares mesmo só pela biblioteca.

Teatro das Figuras

Se preferires estudar ao ar livre, o espaço em redor do teatro municipal também pode ser uma boa solução para ti. Além do café em frente à entrada principal, o teatro tem um dos lados com relvado, onde muitos se sentam para passar a tarde à sombra. Do outro lado da estrada, há um espaço de lazer com uma Telepizza em frente, para quando a fome aperta ou se gostares de uma esplanada bem solarenga.

Mercado Municipal

De manhã tens peixe, carne, fruta e barulho com fartura, mas de tarde podes contar com muito sítio calmo para sentar junto à entrada. Há por ali cafés e restaurantes onde podes aproveitar para tardes mais pacíficas, quando já só se ouve poucos carros e pessoas a passar. De caminho, ainda podes aproveitar algumas iguarias algarvias que por lá se vendem para comer com aquele café espevitador para o estudo.

PARA “LAUREARES A PEVIDE”

Rua de Santo António

A principal rua pedonal é a melhor opção para compras de artesanato e saborear doces regionais, como Dom Rodrigos, morgadinhos e frutos de amêndoa.

Ruínas romanas de Milreu

Situadas em Estoi, no concelho de Faro, as ruínas são não só testemunho de uma antiga e importante vila rural romana, como Monumento Nacional desde 1910. Imponente, é sobretudo o templo paleocristão, edifício de culto a uma divindade aquática, que se destaca. Se já conheces, a sensação de estar noutro século não te é desconhecida. Se é a tua primeira visita, será tão mágica como as melhores primeiras vezes.

fotografia de Portugal Notável

Capela dos Ossos

Embora a Capela dos Ossos de Évora seja a mais conhecida, existem muitas outras, incluindo em Faro. O ossário, mandado construir em 1816, pertence à Igreja de Nossa Senhora do Carmo, uma majestosa construção barroca que, durante o reinado de D. João V foi financiada (e decorada no seu interior) com ouro do Brasil. A capela, construída com ossos e calaveras de mais de mil monges, é uma recordação sinistra da mortalidade, mas é também fascinante.

fotografia de Algarve Tourist

Teatros

Porque “lourear a pevide” também significa aproveitar, por exemplo, um bom espetáculo de teatro, sugerimos o Teatro das Figuras e o Teatro Lethes.  O primeiro, cujo edifício de traço moderno é da autoria do arquiteto Gonçalo Byrne, é um recinto cultural de grande relevância na região do Algarve, onde poderás tanto assistir a concertos e à opéra, como a performances de dança, teatro, novo circo e até cinema. Já o Lethes, na baixa de Faro, é, mais do que um teatro, um poço de história. Construído para ser uma escola, foi também base para um exército francês, muito antes de ser reabilitado em 1843 por Lázaro Doglioni, um médico italiano e grande apreciador das artes que, depois de casar com uma portuguesa, permaneceu na cidade.

fotografia de Travel in Portugal

PARA TE TORNARES PRIMO DO BACO

Rua do Crime

Perto do Jardim Manuel Bivar, encontra-se a área noturna da cidade. Comummente chamada de “Rua do Crime”, consiste em ruas e vielas, com uma diversidade de bares, discotecas e restaurantes que prometem animar as tuas noites.

Tertúlia Algarvia

Em Faro, o que não falta é restauração de qualidade. Por isso, para além de todas as opções pelas quais irás certamente passar em visita pela Baixa, aproveita bem o que há na “Cidade Velha”. O nosso destaque aí vai para o restaurante Tertúlia Algarvia. Dentro ou na esplanada, vais poder contar com pratos e doces tradicionais da região servidos com especial detalhe. Para quem gosta de comer pratos bem servidos ou apenas ficar-se pelas entradas, é uma ótima escolha.

3 Points

Com hora de fecho para lá da meia-noite, o 3 Points é aquele local onde podes ir à vontade só para ver aquele evento desportivo que a tua televisão não apanha. Há quem vá lá de propósito para jogar bilhar, mas são muitos os que se sentam com as suas imperiais e tremoços para acompanhar o clássico da semana. É fácil de encontrá-lo na Baixa: é o bar com mais ecrãs por metro quadrado.

Portas de São Pedro

Um sítio muito em conta para a carteira de um estudante e perfeito para quem gosta de pedir vários pratos para partilhar. Quem vê de fora, não dá nada por aquilo. Depois de lá comer, é impossível não sair impressionado. Além da imensa variedade da ementa, são porções de comida tradicional algarvia que só convidam a que peças de tudo um pouco para experimentar. Se fores em grupo, ainda melhor.

fotografia de amsterdamfoodie

Game Over

Se só estás bem a terminar uma sessão de estudo a beber um copo ou a jogar videojogos, este é o teu espaço. Inaugurado há pouco tempo, o Game Over é o sítio onde podes encontrar todo o tipo de bebidas com todo o tipo de consolas de jogos, mais uns petiscos pelo meio. Para quem prefere uma adrenalina menos analógica, o espaço tem duas escape rooms com temáticas diferentes. Se conseguires sair, depois diz-nos como sobreviveste.

Artigo escrito por João Martins e Raquel Dias da Silva.