Depois da polémica com o lançamento de uma sweatshirt na qual se podia ler “Ser gorda não é bonito, é uma desculpa”, a Revolve lamentou o sucedido através da partilha de um comunicado na sua conta de Instagram. Na publicação, a marca de roupa online mostrou-se arrependida por ter “magoado e ofendido” os seus consumidores.

Esta peça faz parte de uma colaboração entre a LPA, a marca da designer Lara Pia Arrobio, e cinco mulheres, das quais as modelos Emily Ratajkowski  e Paloma Elsesser e a atriz Lena Dunham, que procurava, de acordo com o WWD, “empoderar as mulheres fazendo-as perceber que mesmo as mais bonitas e bem sucedidas foram sujeitas a mensagens de ódio na internet”, através da estampagem de comentários reais feitos nas suas contas de Instagram em peças de roupa.

No entanto, tendo em conta a modelo escolhida para fotografar a camisola em causa, a variedade de tamanhos da peça (que foi criada apenas a parti do XL) e o preço da mesma (189$, o que corresponde a cerca de 162€), a coleção teve o resultado contrário ao esperado.

Deste modo, a Revolve decidiu retirar as peças do mercado e cancelar a linha antes de terem vendido qualquer produto. Além disso, a marca decidiu doar 20 mil dólares, isto é, cerca de 17 mil euros, à Girls Write Now, organização que iria beneficiar dos lucros obtidos com as vendas da coleção LPA x Lena.

A reação de Lena Dunham à camisola controversa

A própria atriz afastou-se da polémica através da partilha de uma fotografia sua na rede social Instagram, na qual aparece sem roupa. Esta é acompanhada por um longo texto onde explica que decidiu apenas representar marcas de roupa inclusivas, destacando que “preferia sair nua do que promover exclusão”.

View this post on Instagram

Hi, don’t mind me! Just showering lying down with my Starbucks cup full of La Croix (not sponsored.) In response to the sweatshirt debacle of yesterday, I’ve had some amazing dialogue with other women about representation, reclaiming negativity and size inclusive clothing brands. I follow some incredible fashion bloggers/designers who highlight this (not even tagging the models, actors and “influencers” who inspire me in the confidence dept) and have tagged a bunch of my true faves. But I want to hear from you! Because for my upcoming TV appearances -it’s gonna be a bad fall for those who hate me- I’ll be only repping brands that cater to ALL women. Can you @ me with your favorites and my girl @marissaconqueso and I will get to work sharing our picks? 🌟 I’d rather go naked than promote exclusivity 🌙

A post shared by Lena Dunham (@lenadunham) on