Fotografia: Catarina Abrantes Alves / Espalha-Factos

Serg Loki, o deus asgardiano do cosplay

Serg Loki, considerado como um dos melhores cosplayers da Rússia, desfilou, pela primeira vez, na Comic Con Portugal, onde também deu um workshop sobre como fazer armaduras e adereços e foi jurado do concurso de cosplay.

Sereno, misterioso e com um sentido de humor apurado, Serg Loki — vestido de Thranduil, rei dos Elfos de O Senhor dos Anéis — esteve à conversa com fãs e curiosos, no passado sábado (8), enquanto mostrou, por exemplo, como criar um capacete com plástico PVC. “É fácil de encontrar e user-friendly”, começou por explicar, antes de mostrar o processo em fotografias. Quando questionado sobre onde arranja o plástico com que trabalha, disse que era muito sortudo, porque tem uma fábrica debaixo do seu estúdio. “Oferecem-me”, disse. “Mas tenho a certeza que em Portugal também é fácil de encontrar.”

Serg também mostrou como criar acessórios, como um medalhão, mas a plateia pareceu delirar sobretudo com a honestidade desarmante e com a vontade que mostrou em conversar e responder a perguntas. O cosplayer profissional até confessou que, apesar de criar os seus próprios fatos e props (o que pode demorar entre três semanas a um mês), compra a maior parte das suas perucas no ebay“Mas tento escolher as mais caras”, esclareceu.

Lê também: As melhores imagens dos últimos dias da Comic Con Portugal 2018

Há cerca de oito anos que é cosplayer e a primeira vez que encarnou um personagem escolheu o Ichimaru Gin do anime Bleach. Contou que, a princípio, não sabia a verdadeira história, mas quando soube, achou muito triste e passou a ser o seu personagem preferido do anime. O momento em que percebeu que queria fazer cosplay, como todos os seus amigos, foi muito importante, admitiu. Ainda assim, foi a primeira vez que ganhou uma competição — da segunda vez que participou — que recorda como o momento mais memorável. “Eu fiz cosplay de Genesis Rhapsodos do Final Fantasy 7: Crisis Core.” Mas o seu cosplay preferido é, desvenda, Terra de Kingdom of Hearts.

Agora é conhecido sobretudo pelo seu cosplay de Loki, o deus asgardiano da Marvel. Ao Espalha-Factos, Serg explicou que a culpa é de Tom Hiddleston , porque “ele representa o personagem inacreditavelmente”. Nervoso miudinho, confessou ainda: “Nunca o conheci, mas quero, a sério. Talvez, no futuro.” Quanto ao presente, Serg acredita que, “no passado, não existiam cosplayers tão bons, fatos tão bons”, e que o próprio também começou a criar personagens mais interessantes.

Antes de dar autógrafos e tirar fotografias com os seus fãs, Serg ainda afirmou estar muito contente por estar presente. “As pessoas têm feito o meu dia”, confessou, antes de pedir a todos que se juntassem para uma selfie.

Selfie partilhada por Serg Loki, na sua página de cosplay