Depois de um dia marcado pela troca de estação por parte de Cristina Ferreira, o dia começa com mais uma. Desta vez foi Miguel Sousa Tavares a seguir o caminho inverso e a trocar a SIC pela TVI.

O mercado de transferência entre as estações privadas parece estar ao rubro. Depois da estação de Queluz ter perdido a sua grande jóia da coroa, a apresentadora Cristina Ferreira, anunciou esta quinta-feira (23) que o advogado, comentador e antigo jornalista, Miguel Sousa Tavares, voltará a fazer parte dos seus quadros.

Bom filho a casa retorna. O comentador já havia estado na estação de Queluz de baixo durante 12 anos e agora, passado oito anos e meio — sete dos quais na SIC — surge a decisão de voltar.

Miguel Sousa Tavares já confirmou a informação avançada pelo Correio da Manhã, não dando, no entanto, uma resposta concreta a quando se concretizará este regresso: Confirmo, mas por ora não adianto nada mais”

De relembrar que este já era comentador residente da SIC desde 2011, um ano após ter saído da TVI. Na altura, o comentador ironizou a sua troca, ao caracterizá-la como Uma tentativa de suicídio que espero que não resulte”. Este detinha inclusive um espaço de comentários regular, todas as segundas-feiras, no Jornal da Noite da SIC.

Apesar desta movimentação de estação, Miguel Sousa Tavares permanecerá com a sua coluna semanal no Expresso — jornal pertencente ao grupo Impresa, dono da SIC. Na TVI terá igualmente um espaço de comentários, mas sem data de estreia até ao momento.

O advogado conta já com um currículo invejável ao nível do jornalismo televisivo. Na TVI estreou-se ao lado da antiga ministra da Justiça, Paula Teixeira da Cruz, no programa Legítima Defesa. Já na SIC estreou-se num espaço de análise da atualidade — Sinais de Fogo — lado a lado com o primeiro ministro da altura.

Lê também: Cristina Ferreira a caminho da SIC