O salário mensal de Cristina Ferreira vai aumentar 60% com a ida para a SIC, noticia hoje o jornal ECO

O novo contrato de Cristina torna-a a apresentadora mais bem paga em Portugal, com um rendimento mensal de 80 mil euros, um aumento de 30 mil face aos 50 mil euros que ganhava na TVI. Este será ainda o maior salário de toda o grupo Impresa, que detém meios como a SIC, o Expresso e a Blitz.

A transferência da estrela, que estava na TVI há 16 anos, é considerada a maior de sempre na televisão portuguesa e, de acordo com a publicação de economia, vai permitir um encaixe anual de 1 milhão de euros a Cristina Ferreira. É quase quatro vezes mais do que ganhou Francisco Pinto Balsemão em 2017: 291 mil euros.

A atual anfitriã de Você na TV terá anunciado a saída há duas semanas, sendo que a TVI não avançou com nenhuma contraproposta para tentar mantê-la no canal. Esta contratação, com enorme peso nos cofres da estação de Carnaxide, foi tomada em conjunto pela família Balsemão e por Daniel Oliveira, recentemente empossado diretor-geral de entretenimento da Impresa.

A reação do mercado à contratação está a ser positiva, o que é um bom indicador sobre as altas expectativas do retorno desta contratação. O valor das ações da Impresa estava a subir 4% às 10 da manhã desta quinta-feira (23), para os 26 cêntimos por título. É a cotação mais alta desde maio, numa sessão em que já foram negociados mais de 430 mil títulos.