Thriller já não é o disco mais vendido de sempre nos Estados Unidos. De acordo com a Recording Industry Association of America (RIAA), as vendas do álbum de Michael Jackson foram ultrapassadas por uma compilação do grupo norte-americano Eagles.

São seis anos que separam a edição de um disco do outro mas continuam a dar que falar em 2018. Their Greatest Hits (1971-1975) dos Eagles, de 1976, e Thriller de Michael Jacksonde 1982, são os álbuns mais vendidos para a RIAA. Apesar da distância temporal, a entidade norte-americana revelou num comunicado que o falecido rei da pop já não tem o álbum mais vendido de sempre.

De acordo com os mais recentes cálculos, a compilação da banda californiana alcançou o certificado 38 vezes platina, o que equivale a 38 milhões de álbuns vendidos.

O segundo trabalho da carreira a solo de Michael Jackson desce, assim, para segundo lugar, com o galardão 33 vezes platina. O pódio dos álbuns mais vendidos é agora completado também pelos Eagles, com o disco Hotel Califórnia, premiado com 26 vezes platina.

Os novos cálculos da RIAA

A venda de discos depende dos mercados que estão inseridos. Nos Estados Unidos da América, um álbum de platina corresponde à venda de um milhão de exemplares.

No Reino Unido, basta vender 300 mil discos para obter este galardão e em Portugal o número é ainda mais reduzido, ficando-se pelos 15 mil álbuns.

Em 2013, devido ao crescente uso de plataformas de streaming e de vendas digitais, a entidade americana passou a incluir nas estatísticas de vendas. 1500 streams numa plataforma como a venda de um álbum e 10 downloads legais têm a mesma equivalência.

Reação dos Eagles

O baterista e vocalista Don Henley já reagiu à conquista num curto comunicado:

“Agradecemos às nossas famílias, à nossa agência, à nossa equipa, aos radialistas e, acima de tudo, aos fãs leais que ficaram connosco durante os altos e baixos de 46 anos. Tem sido uma boa viagem”.

Com mais de 40 anos de carreira e apesar do falecimento de Glenn Frey em 2016, os Eagles continuam em digressão com datas confirmadas em solo americano até final de outubro.