Num dia em que o cabo voltou a roubar público às generalistas, a TVI liderou com apenas 16,0% de share. É a quota de mercado mais baixa com que um canal atinge a liderança diária em 2018. Os três principais canais generalistas estiveram próximos, com a SIC a ficar a apenas três décimas da liderança, registando 15,7%.

A RTP1 ficou em terceiro lugar, com 14,0%, mas reduziu a habitual desvantagem e conseguiu várias horas de liderança no daytime. A Volta a Portugal foi a principal responsável pela subida do canal público, tendo registado na sua penúltima etapa o melhor resultado deste ano.

A prova de ciclismo foi vista por uma média de 625 mil espectadores, correspondentes a 6,5% de audiência e 26,0% de share. No mesmo período, entre as 15h e as 17h29, a TVI ficou-se pelos 3,1% / 12,5%, seguida pela SIC com 2,8% / 11,2%.

Às 17h18 a RTP1 registava o melhor minuto do dia, com 871 mil espectadores (9,0% / 34,6%). A Volta a Portugal registou os melhores resultados no público masculino (7,4% / 29,9%), embora também tenha liderado entre as mulheres (5,6% / 22,5%). A transmissão registou maior afinidade junto do público mais velho, com idade entre os 65 e os 74 anos (14,9% / 40,2%) e acima de 74 anos (15,6% / 47,4%).

Também o Há Volta contribuiu para o resultado da RTP1. O programa de entretenimento que acompanha a Volta a Portugal registou 2,8% / 15,7% na edição matinal, liderando até perto das 11h30. A edição da tarde, entre as 14h e as 15h, registou 4,2% / 14,9%. Entre as duas transmissões do Há Volta, o Jornal da Tarde liderou o horário e conseguiu um dos melhores resultados do ano: 6,2% / 21,5%.

Atletismo e cinema levam RTP2 a máximo do ano

O segundo canal também esteve em destaque neste sábado, com 2,3% de share, igualando o máximo anual verificado no passado dia 3. A média anual da RTP2 fica-se pelos 1,4% de quota de mercado.

Os Campeonatos Europeus contribuíram para o bom resultado da Dois. De manhã, entre as 09h52 e as 11h29, a transmissão das provas de 20 km marcha a partir de Berlim registou 0,7% de audiência (68 mil espectadores) e 5,0% de share.

Na mesma faixa horária, a SIC registou uma média de 0,8% / 5,9%, tendo cedido várias vezes o terceiro lugar à RTP2. Às 11h13 o canal público registou um pico de 9% de share, com uma audiência de 1,4% (135 mil espectadores).

A transmissão da sessão noturna do atletismo, entre as 19h e as 21h, foi vista por 107 mil espectadores (1,1% / 3,7%). O pico de audiência registou-se às 20h40, com 155 mil espectadores (1,6% / 5,0%).

O cinema também esteve em destaque na grelha do segundo canal. O filme turco Mustang, exibido às 14h53, foi visto por 81 mil espectadores (0,8% / 3,3%). À noite, A Comédia de Deus conseguiu uma média de 57 mil espectadores (0,6% / 2,5%). O filme de João César Monteiro foi ganhando público ao longo da noite, registando às 01h17 um pico de 104 mil espectadores (1,1% / 7,2%), à frente da RTP1 e da TVI.

O programa mais visto do segundo canal acabaria por ser o Jornal 2, que teve o melhor resultado do ano: 1,2% de audiência (114 mil espectadores) e 3,4% de share.