A Room on the Garden Side é o texto inédito de Ernest Hemingway que vai ser publicado já na próxima semana pela Strand Magazine. A edição de verão da revista britânica não está disponível em Portugal, mas já pode ser encomendada através da página oficial. O conto é uma das cinco histórias, completadas em 1956, que se baseiam na experiência do autor enquanto jornalista e combatente em 1944.

No dia 2 de agosto, em comunicado enviado ao Observador, a Strand Magazine anunciou a publicação de um dos cinco contos que completam a coleção sobre a Segunda Guerra Mundial. Destes apenas Black Ass at the Crossroads tinha sido publicado até ao momento.

O anúncio foi feito cinco dias depois da XVIII Conferência Internacional sobre Hemingway, organizada em Paris pela Hemingway Society, detentora dos direitos de autor do conto. A luta da Strand Magazine pela publicação do manuscrito de 15 páginas, escrito a lápis, chegou, desta maneira, a um final feliz. Este esteve guardado durante mais de 60 anos na Biblioteca e Museu Presidencial John F. Kennedy, em Boston.

A narrativa situa-se em Paris, em agosto de 1944. Robert, a personagem que narra na primeira pessoa, encontra-se num quarto do Palácio de Vêndome, o Ritz parisiense, no meio do cenário de libertação da cidade do domínio Nazi. “A guerra é tema central, mas também o é a ética literária e a preocupação de que a fama do autor possa corromper o seu compromisso com a verdade”, afirma Kirk Curnutt, membro da direção da Hemingway Society que assina também um texto nesta edição da revista.

Para os fãs de Hemingway, esta é uma leitura ideal

Ernest Hemingway

Foto: Goodreads

O texto, repleto de evidentes elementos autobiográficos, apresenta muitos tópicos tradicionais da prosa do autor americano: o tema da guerra, da camaradagem e o posicionamento das personagens em momentos históricos em que Hemingway participou. Em 1944, Ernest Hemingway fazia parte da força de libertação que pretendia derrubar o regime de Vichy. Embora tenha sido enviado como repórter, depressa pegou em armas em colaboração com a Resistência Francesa e com a OSS, a proto-CIA.

Spoiler alert

Robert, personagem principal, é um escritor americano que segue os eventos a partir de uma janela de um luxuoso quarto de hotel. Lá fora estão soldados franceses de armas na mão. Enquanto aprecia um Perrier-Jouët Brut de 1937 durante uma leitura, vê o sol nascer e anseia para sair do Ritz. A Room on the Garden Side inclui ainda um longo excerto das Flores do Mal de Charles Baudelaire.

O conto questiona-se sobre a cultura parisiense e a sua capacidade de renascer de uma herança de extrema-direita, tornando Hemingway mais atual do que nunca para Paris.

LÊ TAMBÉM: LIVRARIA LELLO BATEU MAIS UM RECORDE DE VENDAS E VISITAS EM JULHO