Parece que Hogwarts pôs, finalmente, as penas e o pergaminho de lado. A Kano, empresa por detrás de diversos kits didáticos de informática, apresentou o seu novo kit oficial Harry Potter, que ensina a programar em JavaScript, através da criação de “feitiços” e interação com vários objetos e cenários virtuais no mundo fantástico de J.K. Rowling.

Este novo kit inclui as peças para montar uma varinha recheada de sensores, que traduzem os movimentos da mão para ações.

Depois, estas ações são usadas na construção de feitiços através de code-blocks, peças virtuais que representam funções, condições, ciclos ou entidades manipuláveis.

Coding Kit Harry Potter da Kano

Imagem: Kano

Os code-blocks permitem uma interação mais intuitiva, transmitindo os princípios lógicos da programação, sem as preocupações de sintaxe que, muitas vezes, tornam esta aprendizagem menos acessível para os mais jovens.

A Apple tomou uma abordagem semelhante com a sua aplicação Swift Playgrounds, para ensinar a sua linguagem de programação aos mais novos, no iPad.

Também é possível ver o código JavaScript por detrás dos blocos para os que quiserem aprofundar.

Programar com Code-Blocks no Coding Kit Harry Potter da Kano

Fotografia: Kano

Os feitiços são usados para completar desafios, progressivamente mais complexos, que exploram conceitos e competências básicas de programação, no contexto mágico do Wizarding World.

Para além dos níveis sugeridos, é possível criar feitiços num ambiente mais livre, que podem ser partilhados com a comunidade.

Programar em conjunto com o kit Kano de Harry Potter

Fotografia: Kano

A Kano promete atualizações com novos conteúdos, incluindo uma coincidente com o lançamento do filme Fantastic Beasts: The Crimes of Grindelwald, no final do ano.

O kit já está disponível para reserva por 99,99 euros e tem lançamento previsto para outubro deste ano.

Lê Também: Sete personagens de Harry Potter que precisam de uma segunda análise