E se o clássico O Segredo de Brokeback Mountain (2005) tivesse sido realizado por Gus Van Sant? Esteve para acontecer… Conhecido pelo aclamado O Bom Rebelde (1997), o realizador revelou ao site IndieWire que, quando estava envolvido na produção, que acabou por abandonar por causa de conflitos relativos ao argumento, e que veio mais tarde a ser tomada por Ang Lee, chegou a contactar Leonardo DiCaprio e Brad Pitt para atuarem no filme gay.

Ninguém o queria fazer“, declarou Van Sant. Enquanto trabalhava no projeto sentiu que precisava de um elenco forte, famoso. “Perguntei aos suspeitos do costume: Leonardo DiCaprio, Brad Pitt, Matt Damon, Ryan Phillipe. Todos eles disseram que não“, contou o realizador. Diana Ossana, produtora do filme, alegou que as rejeições ocorreram por motivos vários.

Tanto Heath Ledger (ator principal) como Jake Gyllenhaal (secundário), que protagonizaram a versão final do filme, foram nomeados para Oscar pelo mesmo. Deste modo, foram rasgadas algumas barreiras no mundo do cinema hollywoodesco: através destas nomeações e das críticas positivas, a ideia tradicional de que fazer um filme gay traria à carreira de um ator consequências negativas irreversíveis foi, quase de imediato, eliminada.

Gus Van Sant já tinha feito o filme do movimento new queer cinema A Caminho de Idaho (1991), com o ícone de rebelião River Phoenix e Keanu Reeves, famoso por Matrix (1999), envolvidos num argumento que se debruçou muito sobre a questão da homossexualidade. Com isto, o cineasta estaria pronto para outras produções dentro do tema.

Vê também: Não Te Preocupes, Não Irá Longe a Pé: A sobriedade de Van Sant

Nesse sentido, contou também ao IndieWire que O Segredo de Brokeback Mountain não foi a única proposta que recebeu vinda deste género de filmes: também um produtor (seu amigo) de Chama-me Pelo Teu Nome (2017) esteve em conversações com Van Sant.

O realizador esclareceu que gostou da versão de Luca Guadagnino, em especial da forma como o italiano terminou o filme: “(…) não tenho a certeza de se teria acabado no mesmo lugar, então provavelmente não o teria feito [ao filme] tão bem“.

Leonardo DiCaprio e Brad Pitt vão contracenar – pela primera vez – no próximo filme de Quentin Tarantino, Once Upon a Time in Hollywood (2019). Margot Robbie, Al Pacino e o habitual Tim Roth também fazem parte do elenco, entre outros. Em Portugal, tem estreia marcada para 8 de agosto de 2019.