O Programa Arte Pública tem como principal objetivo a inclusão social e a divulgação da arte. O projeto, que surgiu por iniciativa da Fundação EDP, tem vindo a desenvolver parcerias entre os artistas portugueses e as populações locais.

O programa Arte pública possibilita um maior envolvimento populacional no território português e coloca em prática novas experiências culturais, a partir da realização de obras de arte públicas num contexto urbano em meios rurais.

Fotografia: Fundação EDP

Com uma curadoria da Fundação EDP, os artistas são convidados a desenvolver colaborações com as populações locais motivando-as a participarem em assembleias de cariz comunitário. Os locais têm uma opinião e podem intervir nas propostas de intervenção para as obras de arte que venham a ser realizadas em todos os espaços públicos (fachadas de edifícios, muros, posto de transformação da EDP Distribuição, etc.)

Fotografia: Fundação EDP

São várias as instituições oficiais e coletividades locais ligadas à arte que colaboram com o projeto. Estes mesmo parceiros são convidados a colaborar desde uma fase inicial dos projetos à sua concretização, apoiando também a dinamização e divulgação dos roteiros de arte pública criados.

O projeto nasceu em 2015 e está presente em 40 localidades (Algarve, Alentejo, Ribatejo, Médio-Tejo e Trás-os-Montes e Alto Douro).

Arte Pública

Fotografia: shifter.pt

A iniciativa conta com a participação de artistas nacionalmente e internacionalmente conhecidos como Mariana, A Miserável, Samina, Vhils, Violant, entre outros. São 35 os artistas envolvidos no total. Já foram desenvolvidos mais de 80 trabalhos em espaços públicos tendo sido escolhidas, sobretudo, localidades com baixa densidade populacional.

Fotografia: Artejo

Os exemplares de arte urbana espalhados pelo país foram reunidos pela Fundação EDP em seis roteiros gratuitos com publicação em papel disponível em vários pontos das localidades e em formato digital disponível para consulta.

Nos roteiros, não só podemos encontrar explicações de cada uma das obras criadas, mas também as coordenadas GPS de cada uma delas e um mapa.