George Clooney fez mais dinheiro, durante o ano que passou (a contar desde 1 de junho de 2017), do que qualquer outro ator no mundo. A revista Forbes estima que o galã de Hollywood tenha conseguido gerar cerca de 203 milhões de euros, batendo dessa maneira o recorde de ganhos anuais por um ator.

Esta quantia recordista deve-se, em grande parte, ao negócio da empresa de tequila Casamigos, que o ator de 57 anos detinha, já que Clooney não participa de um filme desde 2016, quando protagonizou o thriller Money Monster (2016). Para além disso, realizou Suburbicon (2017), com Matt Damon e Julianne Moore, que não se destacou junto das bilheteiras nem da crítica.

Desde 2011 que o ator detinha Casamigos, junto de dois outros investidores – os seus amigos Rande Gerber e Mike Meldman -, que queriam desenvolver a melhor tequila do mundo. Começaram, nesse ano, por injetar um valor estimado em 514 mil euros cada um na tal empresa. No último ano, a Casamigos foi vendida à multinacional de bebidas alcoólicas Diageo por cerca de mil milhões de dólares (o equivalente a 856 milhões de euros). Na altura da venda, Clooney garantiu em comunicado que, se quatro anos atrás lhe tivessem perguntado se tinha uma empresa bilionária, “teria dito que não“.

O ator, que venceu um Oscar pela sua prestação no filme Syriana (2005), fica assim apenas atrás do ex-lutador de boxe que venceu o grande combate do ano que passou contra Connor McGregor, Floyd Mayweather.

George Clooney aparece, por outro lado, à frente de celebridades como Kylie Jenner, que ficou na terceira posição da lista da Forbes que hierarquiza as celebridades mais bem pagas do mundo, ou o astro Cristiano Ronaldo – décimo classificado.

No campo do cinema, vem primeiro do que os atores Dwayne Johnson e Robert Downey Jr., conhecidos por estrelarem inúmeros blockbusters. O comediante Jerry Seinfeld também se aproxima de Clooney, depois de ter assinado contrato com a Netflix, mas é uma surpresa na lista.